MP ouve deputado petista sobre a claque de Saulo

19/06/2006 17:50:00

Crédito:

Saulo de Abreu, Enio Tatto e Siraque

Na ocasião Saulo foi convocado pela Comissão de Segurança Pública da Assembléia Legislativa com o objetivo de esclarecer fatos ligados à primeira onda de ataques do crime organizado às bases da polícia militar, em março deste ano, e ainda explicar a diminuição de verbas para o Programa de Segurança Escolar. O secretário de Segurança compareceu ao Parlamento acompanhado pela cúpula da segurança pública do Estado, além de aproximadamente 150 policiais e mais 50 jovens à paisana, que ovacionavam o secretário e vaiavam os parlamentares que o questionava.

Para os deputados petistas as atitudes do secretário demonstram a falta de respeito com o Poder Legislativo. O secretário desacatou deputados quando foi pressionado a esclarecer episódios da onda de ataques do PCC, no período de 12 a 19 de maio, além de não responder o motivo da falta de alerta aos policiais em serviço naqueles dias, fato que possivelmente teria evitado diversas mortes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.