Nesta quarta: deputados questionam secretário de Transportes sobre acidentes e panes

17/04/2012

Caos nos trilhos

As causas e medidas adotadas pelo governo do Estado em relação aos dois acidentes envolvendo trens da CPTM, ocorridos nos primeiros meses do ano e que resultaram 45 pessoas feridas, são questões que devem ser esclarecidas pelo secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, na Comissão de Transportes e Comunicações da Assembleia Legislativa, amanhã (quarta-feira, 18/4), a partir das 14h30.

Em 26 de janeiro houve choque entre dois trens da CPTM, da Linha 8 Diamante, nas estações Itapevi e Engenheiro Cardoso, que resultou em sete pessoas feridas. Outro fato foi a colisão de uma locomotiva de manutenção na traseira de um trem de passageiros em 15 de fevereiro, na estação Vila Clarice, da Linha 7 Rubi, que deixou 38 pessoas feridas.

Sequência de panes

Uma sequência de panes têm acontecido quase que diariamente nas linhas da CPTM, prejudicando milhares de usuários.

Em busca de uma solução, os deputados do PT solicitaram, em março último, ao Ministério Público Estadual abertura de inquérito para que se apure as irregularidades na prestação do serviço da CPTM e as responsabilidades dos gestores públicos nos acidentes e panes ocorridas.

Para o líder da Bancada do PT, deputado Alencar Santana, “a falta de prioridade na melhoria do sistema de transporte sobre trilhos é corroborada pelas ações do governo em relação aos cortes procedidos pelo governador Geraldo Alckmin, no orçamento elaborado pela CPTM”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *