Novo aumento nos pedágios das estradas estaduais chegará a 5,26%

14/06/2010 13:47:00

Pedagiando

Crédito:

 

 

A partir de 1º de julho ficará mais caro se deslocar até Baixada Santista. Atualmente os pedágios das duas vias custam R$ 17,80; no entanto, a Artesp (Agęncia de Transportes do Estado de Săo Paulo) ainda năo realizou o cálculo que definirá o novo valor da cobrança

Os pedágios das rodovias Anchieta e Imigrantes ficarăo mais caros a partir do primeiro dia de julho. O reajuste, herança que o pré-candidato José Serra (PSDB) deixou para o atual governador Alberto Goldman (DEM), será de 4,17%. Atualmente os pedágios das duas vias custam R$ 17,80; no entanto, a Artesp (Agęncia de Transportes do Estado de Săo Paulo) ainda năo realizou o cálculo que definirá o novo valor da cobrança.

O aumento é baseado no IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado) e vale para todas as praças de pedágio do Estado das rodovias concedidas é iniciativa privada até 2008. Já nas estradas concedidas nos últimos anos pelo governo Serra, o reajuste será ainda maior: 5,26%, calculado pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). A Artesp garantiu que o valor da cobrança será apresentado nos próximos dias.

A terceirizaçăo das rodovias teve início em 1997, durante a gestăo do tucano Mário Covas. Desde entăo, o número de praças de pedágios subiu de 40 para 227. Só no governo de Serra foram acrescidos 84 novos pedágios.

Reajuste – Somados os três anos em que governou o estado de Săo Paulo, José Serra aumentou em 19,55% o preço dos pedágios. Quando assumiu, em 2007, as praças da Anchieta e da Imigrantes custavam R$ 14,60.

Rodoanel – Para o trecho sul do Rodoanel, que, mesmo incompleto, foi recém-inaugurado por Serra, săo esperadas 15 praças de pedágio, com o valor máximo de R$ 6. A empresa concessionária ainda năo foi definida.

fonte: Jornal ABCD Maior – 14/6/2010

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.