O governo do Estado não leva os esportes a sério, diz deputado

10/04/2014

Esporte

“O governo do Estado de São Paulo não leva os esportes a sério porque investe muito pouco na área. Aqui na Assembleia Legislativa, por exemplo, todo ano é uma luta danada para tentarmos aumentar o valor no Orçamento para ser aplicado em esportes. Infelizmente, muitas vezes não conseguimos”, disse o deputado Enio Tatto ao encerrar o IV Seminário Esporte, Atividade Física e Saúde nesta quinta-feira, 10/04, realizado de 7 a 10 deste mês e que integra o calendário oficial da Assembleia Legislativa.

Enio Tatto destacou que a luta é para termos no Orçamento do Estado de São Paulo uma dotação de, pelo menos, 1% do seu valor para os esportes em geral. “Hoje o Orçamento do Estado é superior a R$ 200 bilhões e o que vem para o esporte é apenas 0,12% do total, ou algo próximo a R$ 200 milhões”, disse. Acrescentou que “se atingirmos 1% aí sim teremos projetos relevantes, sérios, e colocaremos o esporte no patamar que ele merece, principalmente porque por meio dele podemos fazer inclusão social”.

O deputado lamentou que, em Função da Copa do Mundo que acontecerá em junho próximo, e das Olimpíadas em 2016, o país esteja perdendo uma oportunidade de realizar um debate positivo sobre os esportes e divulgar o Brasil. “Infelizmente, este ano, o debate em torno da Copa do Mundo de futebol foi feito de um modo não proveitoso para o esporte no Brasil. Tivemos problemas relativos aos investimentos, que desvirtuaram a discussão sobre o tema, e, por isso, perdemos a oportunidade de divulgar o Brasil no mundo”, observou.

Entretanto, comentou que “mesmo assim tenho certeza que no final tudo dará certo, e que teremos uma grande Copa. O mundo saberá da capacidade do povo brasileiro e entenderá o legado deixado pela Copa como também pelas Olimpíadas de 2016”.

Por fim, Enio Tatto lembrou que este foi o primeiro ano em que o Seminário Esporte, Atividade Física e Saúde foi realizado com o respaldo de uma lei aprovada pela Assembleia Legislativa, de sua própria autoria. “De agora em diante espero que o Seminário entre numa rotina em que será cada vez maior, melhor e com uma participação enorme”, concluiu.

fonte: Ass. Imprensa – dep. Enio Tatto

Leia mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.