Passarela de estação de trem inaugurada há um ano ameaça ruir

11/06/2010 15:02:00

Obras tucanas

Inaugurada há pouco mais de um ano pelo então governador José Serra, a passarela da estação de trem Itaim Paulista virou uma área de risco para os moradores da região que dependem desse meio de transporte. Há seis meses, pelo menos, a estrutura ameaça ruir e está contida por uma gambiarra que os funcionários da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) improvisaram.

 “A coluna começou a rachar de um dos lados, porque não tem pilastra central pra segurar a passarela. O jeito que eles (CPTM) deram foi colocar umas pilastras de ferro e cobrir com uns sacos pretos pra ninguém ver o que é”, relata Manoel Pires, 42 anos, que vive no Itaim desde a infância e hoje participa do movimento de moradores do bairro que cobra providências.

Recentemente, outro arranjo provisório foi feito na passarela. Uma das colunas começou a rachar e foi remediada pela CPTM com uma espécie de ‘chapéu’ de madeira. Para os moradores, a medida é insuficiente para evitar acidentes, caso a passarela desabe. “Para o pessoal da CPTM vir tão rápido fazer esse negócio, boa coisa não é”, aposta Manoel Pires. Segundo ele, o remendo foi colocado há cerca de 20 dias, logo depois de surgirem as rachaduras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *