Perspectivas para o Turismo no Estado de São Paulo

10/08/2007 12:50:00

Crédito:

A ministra do Turismo, Marta Suplicy, estará na Assembléia Legislativa de São Paulo, em 13/8, quando vai expor no Plenário Franco Montoro as “Perspectivas para o Turismo no Estado de São Paulo”. O evento é uma iniciativa dos deputados estaduais Donisete Braga e Rui Falcão, ambos do PT. Logo após a exposição da ministra, marcada para 14 h, haverá debate sobre o tema. Os parlamentares também estão convidando os prefeitos das 67 Estâncias Turísticas do Estado para promoverem seus roteiros durante o evento.

Além da ministra, deverão compor a mesa de debates o secretário Estadual de Esportes, Turismo e Lazer, Claury Santos Alves e o presidente da São Paulo Convention & Visitors Bureau, Orlando de Souza. Prefeitos, vereadores, secretários municipais, prestadoras de serviços da área de turismo, entre outros, serão convidados para o evento, que na sua abertura, no Hall Monumental da Assembléia, contará com apresentação especial da Orquestra de Violeiros e Coral de Flauta Doce das Comunidades de Mauá, com 90 integrantes, a maioria jovens, sob a batuta do maestro João Aletto.

O Estado de São Paulo é responsável por 35% do fluxo de turistas internacionais no Brasil e por quase 19% do turismo interno. Nesse contexto, a cidade de São Paulo e a região metropolitana detêm mais oportunidades, pois é onde se concentra o turismo de negócios. Esse turismo tem as atividades desenvolvidas, basicamente, pela iniciativa privada, compreendendo a realização de feiras nacionais e internacionais, congressos, exposições, lançamentos de moda e outros, sempre girando no mundo dos negócios.

“Além de incrementar o turismo na região metropolitana precisamos ter uma política pública mais definida para as cidades do interior que estão classificadas como estâncias turísticas”, diz o deputado Donisete Braga, 1º secretário da Mesa Diretora da Assembléia. Para ele, o Governo Estadual ainda está devendo um programa para desenvolver o turismo nos municípios do interior e no litoral do Estado. “O ecoturismo, o patrimônio cultural e o turismo de aventura continuam a depender exclusivamente de iniciativas isoladas”, acrescentou.

ORQUESTRA DAS COMUNIDADES

A Orquestra de Violeiros e Coral de Flauta Doce das Comunidades de Mauá, com 170 integrantes, é um projeto educativo, cultural e social que nasceu em 2003 na Paróquia São Paulo Apóstolo, no Jardim Zaíra, na cidade de Mauá, Grande ABC paulista. Crianças, jovens e adultos ganham oportunidade de aprender violão, violino, teclado, flauta, órgão, entre outros instrumentos, além de técnica vocal. Tudo gratuito.

Com apoio do Instituto Cultural São Paulo Apóstolo, a Orquestra, o Coral e a Camerata de Violinos gravavam dois cd`s e realizaram mais de 500 apresentações, inclusive em outros estados, como Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Ainda no currículo, uma apresentação especial para o Papa Bento XVI, quando de sua visita ao Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.