Petista propõe emendas para Educação e Cultura

18/11/2014

Orçamento 2015

O 1º secretario da Assembleia Legislativa, deputado Enio Tatto (PT), apresentou emendas ao projeto de Orçamento do Estado de São Paulo para 2015 relativas a diferentes áreas de políticas públicas. Sobre educação e cultura, especificamente, o parlamentar tratou de dotação para novas unidades de Etecs e Fatecs, da construção e reforma de escolas e creches, bem como da destinação de recursos para o fomento de atividades culturais.

“Há muito lutamos pela instalação de novas unidades de Etecs e Fatecs. Já obtivemos vitórias, como a da instalação de uma Fatec na Zona Sul da capital, mas continuamos nosso trabalho para que o Estado amplie o público atendido por essas escolas ”, comentou o deputado Tatto.

Quanto à reforma e construção de escolas da rede estadual de ensino e de creches foram propostas para os municípios de: Alumínio, Atibaia, Cajamar, Carapicuíba, Diadema, Embu das Artes, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato, Franco da Rocha, Ibiúna, Itapecerica da Serra, Itápolis, Itupeva, Mairinque, Nova Europa, Rancharia, São José dos Campos, São Lourenço da Serra e Sorocaba. Na Capital, foram contempladas creches na Ilha do Bororé, nos bairros Barragem, Campo Limpo, Jaguaré, Jardim Brasilândia, Jardim Paulistano, Jardim Prainha e Pirituba, além das escolas estaduais Sítio Conceição, Jorge Luis Borges, Jorge Saraiva, Maria de Lourdes Almeida e Paulino Nunes Esposo.

Para a cultura, o deputado Tatto propôs um investimento de R$ 300 mil para a aquisição de instrumentos musicais para a orquestra municipal de Jacareí, a construção de teatro e centro comunitário em Itapecerica da Serra, Mairinque e na Cidade Ademar, Capital, além da implantação de uma oficina e de um laboratório cultural em Ferraz de Vasconcelos.

Em Salto, o Projeto Escola de Samba, que envolve o desfile da Escola de Samba Grêmio Recreativo Acadêmicos do Santa Cruz, foi objeto de emenda. “Trata-se de tradicional escola de samba da cidade que vem desenvolvendo trabalhos de inclusão social e incentivando a cultura e a arte em uma região carente de programas culturais”, observou o 1º secretário.

As emendas foram elaboradas com base em reivindicações da população local, de lideranças municipais e de propostas colhidas nas Audiências Públicas regionalizadas promovidas pela Comissão de Finanças e Orçamento a partir de iniciativa do deputado Enio Tatto.

Fonte: assessoria de imprensa da Primeira Secretaria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.