Petistas vão analisar os 100 primeiros dias do governo de José Serra

28/03/2007 19:00:00

O Diretório Estadual do PT e a bancada petista na Assembléia Legislativa de São Paulo fazem no dia 12 de abril uma avaliação dos 100 primeiros dias do governo de José Serra. O objetivo é identificar as prioridades políticas e as principais diretrizes de ação do tucano, além de analisar a composição do secretariado e as principais medidas tomadas neste início de administração.

Este será, segundo Angélica Fernandes, uma das coordenadoras do debate, o primeiro balanço sistematizado do governo. “Será importante para mobilizar a base social do partido de forma que acompanhe de perto e cobre sistematicamente as ações de Serra”, avalia Angélica, que também é secretária de Formação Política do PT de São Paulo.

Dois temas serão enfatizados no debate, explica a secretária. O primeiro é o modelo de desenvolvimento econômico colocado em prática no estado. O segundo trata-se da educação das escolas públicas, principalmente a má-qualidade do ensino fundamental e o risco colocado pelo governo tucano à autonomia das universidades públicas estaduais.

Na pauta ainda os seguintes temas: a conjuntura política estadual, as correlações de forças, o posicionamento dos partidos, as principais questões dos movimentos sociais, o projeto de desenvolvimento democrático e popular para São Paulo (a base é o programa de governo do PT apresentado em 2006), comparando-o com o projeto do PSDB e do governo Serra.

A ação terá a participação de movimentos sociais e de sindicatos. “Este será o primeiro passo para organizar os setores da sociedade de São Paulo que são contrários ao governo conservador de José Serra”, afirma Angélica.

O seminário tem apoio da CUT, MST, CMP e acontece na Assembléia Legislativa de São Paulo, no Auditório Franco Montoro.

Confira a programação (a presença dos palestrantes deve ser confirmada):

10h – Abertura: A nova conjuntura política de São Paulo e o governo Serra. Participantes: presidente estadual PT-SP, representante PCdoB, representante da CUT, presidente Diretório Municipal do PT-SP, líder da bancada do PT na Alesp, Aloizio Mercadante.

11h – Mesa: O modelo de desenvolvimento para São Paulo e o PAC. Participantes: representante governo federal, Eduardo Pacheco (metroviários), Carlos Cavalcante – FUNDAP, representante bancada estadual

14h30 – Mesa: As políticas sociais e a educação em São Paulo . Participantes: Marcio Pochman, representante Apeoesp, professor da Usp ou Unicamp ou Unesp (Francisco Miraglia ou Otaviano Helene), representante bancada estadual

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.