Pinheirinho: 750 processos contra o governo de São Paulo

21/06/2012

Desalojados

Pinheirinho: 750 processos já foram abertos contra o governo de São Paulo

A Defensoria Pública do Estado de São Paulo informou que somam 750 os processos de ex-moradores do Pinheirinho, em São José dos Campos, contra o governo estadual. Na região, localizada no interior paulista, aproximadamente seis mil pessoas foram desalojadas no final de janeiro, pela tropa de choque da Polícia Militar.

Segundo o defensor público Jairo Salvador de Souza, os números apresentados retratam os casos que já foram julgados e os que ainda aguardam decisão. Ele aponta inúmeras arbitrariedades cometidas pelo estado contra os ocupantes da área. “O nosso trabalho foi ouvir cada uma das famílias que alegaram perdas de objetos pessoais e danos morais, em função do uso excessivo das forças públicas que atuaram na ocupação”, afirmou Souza.

As cobranças ao governo estadual estão relacionadas aos danos materiais e morais contra os ex-moradores. A média dos valores solicitados quanto aos prejuízos materiais é de R$ 20 mil. Para os danos morais, a defensoria pede o pagamento que pode variar de 50 a 100 salários mínimos, chegando a R$ 100 mil.

Segundo Souza, a estimativa da defensoria pública é que os processos sejam resolvidos em três ou quatro anos.

Clique para ouvir a entrevista à Rádio Brasil Atual.

fonte: Rede Brasil Atual

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.