PM barra com violência manifestação de estudantes

19/05/2016

Truculência

Na noite desta quarta-feira (18/5), uma manifestação de secundaristas que saiu do vão do Masp com destino à sede da secretaria estadual de Educação foi barrada de forma truculenta pela Polícia Militar.

Cerca de 50 policiais já aguardavam os estudantes a poucas quadras da secretaria.

Os jovens tentaram, num primeiro momento, conter a violência da PM contra um único estudante. Os policiais reagiram com o uso de spray de pimenta. O disparo de um rojão tornou a situação ainda mais tensa. Houve mais agressões. Alguns manifestantes foram arrastados pela rua e imobilizados com algemas.

Pelo menos um jovem foi detido. Jornalistas foram agredidos. Vale ressaltar que os estudantes haviam denominado essa manifestação como “Ato unificado da educação e contra a repressão policial”.

A PM se dispersou, mas depois reagrupou-se para acompanhar o cortejo dos estudantes pelas ruas.

Luta dos estudantes

As manifestações e ocupações de estudantes por Educação de qualidade e merenda nas escolas têm se tornado cada vez mais frequentes.

Foi exatamente essa determinação dos jovens que possibilitou que pedido de CPI da Merenda fosse protocolado na Assembleia Legislativa.

O projeto de Resolução 9 / 2016, que permitirá a instituição da CPI da Merenda na Assembleia Legislativa como a sexta CPI da Casa, passou nesta quarta-feira (18/5) pelo Congresso de Comissões, que é um procedimento para que a propositura receba emendas num rito de maior celeridade.

O parecer da propositura, de autoria do deputado Vaz de Lima, acabou sendo aprovado pelos deputados depois de discussões em torno do voto em separado apresentado de deputado João Paulo Rillo, que propôs incluir as empresas fornecedoras no grupo dos que devem ser ouvidos pela CPI da Merenda.

Ao final, a proposta do deputado petista deverá ser apresentada como emenda de plenário, quando a propositura for levada a votação.

Leia mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *