Polícia investiga 12 mortes em confronto com a PM

11/02/2016

Assassinatos

Em São Paulo, a Polícia Civil investiga a morte de doze suspeitos em oito casos de supostos confrontos com policiais militares. Neste mês, foram sete ocorrências e dez mortes apenas durante o período do carnaval, e todos os casos envolvem PMs que dizem ter reagido a ataques de criminosos.

Em um dos casos, os policiais perseguiram um carro roubado, apreenderam três menores e mataram um suspeito maior de idade, que teria fugido e atirado contra os PMs.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, foram investigadas 380 mortes de policiais em 2015.

Do G1

Polícia investiga 12 mortes em 8 supostos confrontos com a PM

Sete ocorrências aconteceram no período do carnaval. Segundo a SSP, em 2015, foram investigadas 380 mortes de policiais.
A Polícia Civil de São Paulo investiga 12 mortes de suspeitos em oito supostos confrontos com policiais militares neste ano. Em fevereiro, foram sete ocorrências e dez mortes só no período do carnaval. Todos os casos envolvem policiais que alegam ter reagido a ataques de criminosos.

O último caso registrado aconteceu na Avenida Inajar de Souza, no bairro do Limão, na Zona Norte. A Polícia perseguiu um carro roubado, apreendeu três menores e matou um rapaz maior de idade, que, segundo a PM, tentou fugir e atirou no meio de uma praça.

Em outros quatro casos investigados, os policiais envolvidos estavam de folga e alegaram reagir a tentativas de assalto. Em um deles, no bairro do Morumbi, na Zona Sul da capital, dois rapazes estavam em uma moto e foram flagrados após assaltarem duas pessoas em um ponto de ônibus. Os policiais envolvidos neste caso disseram que passavam pelo local e foram recebidos à bala, revidaram e os dois suspeitos foram mortos.

Segundo a Polícia, em um outro confronto, bandidos roubaram um carro em Mairiporã, foram da Rodovia Fernão Dias até o Jaçanã e foram seguidos pelo dono do veículo e um vizinho, que avisaram uma equipe da PM. O carro roubado bateu no muro, os dois rapazes que estavam dentro foram baleados e morreram. A PM informa que os bandidos atiraram primeiro. O terceiro suspeito fugiu.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, em 2015, foram investigadas 380 mortes de policiais militares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.