Por descaso do DAEE, Avenida dos Estados afunda com erosão do rio

09/08/2011 16:03:00

Região do ABC

 

 

A erosão causada pelo Rio Tamanduateí ameaça a Avenida dos Estados, uma das principais vias de ligação entre a Região do ABC e a Capital, e exibe marcas do desleixo do governo do Estado.

A responsável legal pela bacia do Tamanduateí é o DAEE – Departamento de Águas e Energia Elétrica, órgão estadual, reconhece o problema, que atinge principalmente o município de Santo André. O desgaste e o arrastamento da terra que dá sustentação ao asfalto pela ação da água colocam em risco os motoristas que trafegam pela via, cujo pavimento já começa a ceder e apresenta desnivelamento e fissuras.

Com duas décadas de atraso, a estatal abriu licitação para recuperação dos trechos considerados mais críticos (1.200 metros) nas margens do rio. No entanto, além das obras preverem intervenções apenas em alguns trechos com maior risco de comprometimento das pistas, os trabalhos devem começar daqui a três meses, já no período das chuvas mais fortes do ano.

Mais do mesmo

Moradores de Santo André que vivem há mais de 30 anos na Avenida dos Estados afirmam que a situação da via remete à década de 1980, quando parte do calçamento era feito de paralelepípedos. Mais que isso, o assoreamento que atinge a pavimentação causa preocupação a quem passa por ali todos os dias. “Muita gente comenta sobre esses buracos. Hoje, o rio está mais largo e cheio de falha”, observou o comerciante João Clemente Bispo Porto, 57 anos. Há 30 ele mantém botequim na Viela 406, que dá acesso à Rua Ipiranga. “Uma hora tudo isso vai desabar”, previu em tom de brincadeira.

Samuel Rui Barbosa, 29 anos, trabalha com o pai em uma loja de peças automotivas na altura do número 6.700. Ele relembrou que há 15 anos os carros sofriam menos com a situação das pistas. “Hoje é uma bagunça a Avenida dos Estados. O carro desgasta muito com os buracos e remendos da avenida.”

*com informações  do jornal Diário do Grande ABC (8/8/2011)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.