Por iniciativa de Renato, Alesp cria Frente em Defesa da Vale do Rio Doce

06/02/2006 13:50:00

Crédito:

A solenidade acontece às 11h, no auditório José Bonifácio, 1º andar da Assembléia Legislativa, que fica na Avenida Pedro Álvares Cabral, 201, Ibirapuera. Mais informações pelos telefones (11) 3886-6301 ou 3886-6302.

Recentemente, a 5ª Turma do Tribunal Regional Federal de Brasília, deu provimento à Ação Popular contra a privatização da então, maior estatal brasileira, a Companhia Vale do Rio Doce.

Esta medida abre a possibilidade de uma revisão da avaliação dos valores pelos quais a Companhia foi leiloada em 1997 e até mesmo a anulação da privatização. A Ação aponta que o preço alcançado no leilão foi de R$ 3, 3 bilhões, sendo que o atual tesoureiro da Companhia estimou em US$ 40 bilhões, ou seja, cerca de R$ 100 bilhões, o valor da empresa.

Estes novos fatos trouxeram a rearticulação do Movimento Nacional em Defesa do Patrimônio Público, que agrega parlamentares, partidos, entidades sindicais, movimentos sociais e populares, em defesa da reestatização da Vale do Rio Doce, e a punição dos responsáveis pelos prejuízos causados aos cofres públicos.

Em São Paulo, o Movimento será lançado na segunda – feira, dia 6 de fevereiro, no Auditório Tiradentes, 1º andar, da Assembléia Legislativa do Estado com a presença da deputada federal Dra. Clair (PT-PR), uma das autoras da Ação Popular julgada pelo Tribunal Regional Federal de Brasília.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.