Protesto contra decreto de Serra reúne moradores em Nazaré Paulista

07/05/2010 16:03:00

Mobilização

 

Um decreto obscuro que cria um grande parque no Estado de São Paulo, assinado pelo ex-governador José Serra e apoiado pelo secretário do Meio Ambiente Xico Graziano, está mobilizando os moradores de Nazaré Paulista, município localizado na porção Sudeste do Estado.

A área de 286 milhões de m² atingirá 346 produtores rurais e está causando pânico entre os moradores.Mais de duas mil pessoas que vivem na área estão indignadas co m o descaso do governo, que não ouviu a população local.

Os moradores de Nazaré se reuniram, na última terça-feira (4/5), para realizar um manifesto contra o decreto. O produtor rural Hilel Freitas Clare, que participou da manifestação, diz que todos os moradores respeitam o código florestal. “Já respeitamos o meio ambiente, tanto que conservamos mais de 20% da área de mata nativa como manda a lei.

A manifestação teve como objetivo sensibilizar o governo tucano, cancelar as desapropriações e lutar pela implantação dos projetos de educação ambiental. Segundo Clare, ao invés da desapropriação, o governo deveria investir mais em reeducação ambiental, tecnologia, capacitação, cursos de biologia da conservação, aparelhamento dos órgãos de fiscalização, projetos e programas de parceria com os produtores remunerando àqueles que preservem o meio ambiente.

Para os deputados petistas, a secretaria estadual, em vez de cumprir a lei do SNUC – Sistema Nacional de Unidades de Conservação – efetuando estudos sérios para reclassificar as Unidades de Conservação e legalizar a permanência de comunidades tradicionais em suas terras, apenas colaboraram com o Poder Judiciário na expulsão de moradores, por meio de ações de despejo, e comete o vício autoritário, ao propor a criação por decreto de novas unidades de proteção integral.

A Bancada do PT na Assembleia Legislativa entende que a atitude de impossibilitar a participação dos moradores nos planos de recuperação e proteção ambiental de áreas estratégicas, não é mais concebível diante de várias experiências fracassadas e amplamente conhecidas. Ao invés de proteger, o Estado acaba permitindo maior degradação pela completa incapacidade de fiscalização.

Na região de Nazaré Paulista, sete municípios serão afetados com a criação de quatro áreas de proteção ambiental para preservar os reservatórios de água: Bom Jesus dos Perdões, Guarulhos, Mairiporã, Santa Isabel, Nazaré Paulista, Atibaia e Arujá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.