Queda nos investimentos atinge todas as linhas do Metrô

17/05/2012

Corte de mais de 30%

Queda nos investimentos com manutenção atinge todas as linhas do Metrô

Levantamento que compara o Balanço do Metrô com o Orçamento do Estado de 2011 aponta que todas as linhas do sistema tiveram queda nos recursos investidos em manutenção. O orçado previa o montante de R$ 664,7 milhões, no entanto, o realizado foi de apenas R$ 456,2 milhões, um corte de 31,3%.

Os dados referem-se à rubrica “recapacitação e modernização”, que conforme Balanço do Metrô indicam os investimentos para manutenção.

A linha que apresentou maior queda foi a 5 – Lilás (-63,3%), ou seja, do valor orçado de R$ 7,2 milhões deixaram de ser gastos R$ 4,6 milhões.

Corte foi de 25% na linha 3 – Vermelha

Na sequencia, aparecem as linhas 1 – Azul (-35,6%) e 3 – Vermelha (-25%). Para a linha 1, o orçado foi de R$ 310 milhões e o realizado não chegou a R$ 200 milhões. Já para a linha 3, deixaram de ser investidos mais de R$ 65 milhões – orçado previa R$ 253,7 milhões e foram gastos R$ 188 milhões.

A linha 2 – Verde teve corte de 16,2% (- R$ 12,7 milhões).

Acessibilidade é deixada de lado

Outros números que assustam são os que se referem a adaptação para acessibilidade. O corte chega a 63,9%, ou seja, um corte nos investimentos de mais de R$ 9 milhões, num montante orçado de R$ 14,7 milhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.