Quinta-feira: Campinas discute Orçamento do Estado 2012

14/09/2011 17:29:00

Audiência regional

Crédito:

 

A Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Assembleia Legislativa, da qual fazem parte os deputados do PT, Ana Perugini, Luiz Claudio Marcolino e Simão Pedro, realiza nesta quinta-feira (15/9), em Campinas, mais uma audiência pública com o objetivo de discutir o Orçamento do Estado para 2012. O encontro acontece às 10h, na Câmara Municipal.

Na audiência do ano passado, a população dessa região solicitou construção de unidades habitacionais para a população de baixa renda de Campinas, construção de um Hospital Público do Servidor na Vila Brandina, em Campinas, recapeamento das vias de acesso a Nova Odessa/Sumaré/Americana, asfaltamento da av. dos Ipês, prolongamento das marginais da Rod. Santos Dumont, hospital de queimados em Campinas, desenvolvimento sustentável e estradas vicinais. A Comissão aprovou essas emendas que, depois, foram vetadas pelo governador.

Para o líder da Bancada do PT, deputado Enio Tatto, “fortalecer o poder legislativo e a participação popular em cada região do Estado de São Paulo é questão de cidadania e de respeito à população, que paga impostos e tem o direito de opinar na destinação dos recursos públicos”.

Orçamento regionalizado

A realização das audiências públicas é resultado da luta do Partido dos Trabalhadores na Assembleia Legislativa de São Paulo em defesa de um Orçamento estadual regionalizado e participativo.

Segundo avaliação da Bancada do PT, o governo do Estado, ao longo desses anos, tem resistido em avançar na participação efetiva da sociedade na elaboração do Orçamento estadual. Além de não acolher as propostas apresentadas, não disponibiliza instrumentos para o acompanhamento e fiscalização, por parte da população, das ações do governo estadual em cada região.

Neste ano, a Assembleia aprovou na LDO – Lei de Diretrizes Orçamentárias – a regionalização do Orçamento, mas, mais uma vez, o governador Geraldo Alckmin vetou essa medida de transparências das contas públicas.

“Agora, cabe ao povo paulista se organizar para garantir a derrubada desse veto”, afirmou o líder Enio Tatto.

Audiência Pública da Região de Campinas 

15 de setembro (quinta-feira), às 10 horas

Câmara Municipal de Campinas – Av. da Saudade n.º 1004 – bairro Ponte Preta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.