Recursos destinados para abastecimento em 2015 são insuficientes

05/11/2014

Falta de água

Recursos destinados para abastecimento de água em 2015 são insuficientes

Apesar da grave crise hídrica pela qual passa o Estado de São Paulo, o governador Geraldo Alckmin destinou para 2015 apenas R$ 2,6 bilhões para investimentos em obras e serviços da Sabesp, valor insuficiente segundo avaliação da Apeop (Associação Paulista de Empresários de Obras Públicas)

A entidade avalia que, para equacionar a crise, seriam necessários pelo menos R$ 5 bilhões por ano pelos próximos quatro anos.

E vale lembrar que, desse total destinado pelo governo, apenas R$ 1,12 bilhão são para o abastecimento de água. O valor é, inclusive, menor que o de 2014 (R$1,13 bilhão), de acordo com o Plano de Investimento divulgado no site da Sabesp.

Segundo esse Plano, os investimentos devem cair ano a ano, chegando em 2017 a R$ 956 milhões.

Além de os recursos destinados ao abastecimento de água já serem escassos e diminuírem ano a ano, grande parte deles se sustenta por meio de operações de crédito, na maioria financiamentos obtidos junto ao governo federal.

Para 2015, recursos próprios da Sabesp contabilizam R$ 752,78 milhões, as operações financeiras somam R$ 361,35 milhões e o tesouro do Estado responde pela quantia ínfima de R$ 1 mil. (FF)

Com informações da jornal Folha de S. Paulo e do site da Sabesp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.