Rio + 20 em debate na Assembleia

22/05/2012

Nesta quarta

A participação do Poder Legislativo de São Paulo na Conferência das Nações Unidas Sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável – a Rio +20 – é o assunto do seminário “Parlamento Paulista na Rio+20”, organizado pela Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa de São Paulo, da qual são membros os deputados do PT, Ana do Carmo, Carlos Grana e Donisete Braga.

O evento desta quarta-feira (3/5), a partir das 14h, no Auditório Franco Montoro, definirá as propostas do Legislativo paulista para a Conferência, que pretende, entre outros, renovar o compromisso político mundial com o desenvolvimento sustentável.

A partir de discussões com o Poder Público, iniciativa privada e sociedade civil, os deputados irão debater os temas que serão tratados durante a Rio +20, além de reunir as propostas paulistas para o debate mundial.

Mudanças Ambientais Globais, a problemática ambiental urbana, e os desafios para a construção de um novo modelo participativo, além de um resgate histórico dos esforços mundiais para a preservação do Meio Ambiente, desde Estocolmo (Conferência de Estocolmo/1972) até a Rio+20, estão entre os temas propostos pela organização do seminário.

Eventos paralelos

Simultaneamente ao seminário “Parlamento Paulista na Rio + 20” estão programados também eventos paralelos alinhados com a temática ambiental, como a exibição do filme “A Terra da Lua Partida” (Marcos Negrão e André Rangel). Trata-se de um documentário sobre a história de fé e sacrifício de um povo que já esta sentindo diretamente os impactos do aquecimento global e dos atuais percursos da humanidade.

O evento também abre espaço para divulgação do trabalho do Instituto Terra, associação civil fundada pelo casal Lélia e Sebastião Salgado responsável por iniciativas de educação ambiental e reflorestamento de áreas degradadas de Mata Atlântica, como na região do Vale do Rio Doce, no Espírito Santo.

Quem participar do seminário poderá conhecer os projetos desenvolvidos pelo instituto, além de exposição de fotos do fotógrafo Sebastião Salgado. Além disso, clientes do Banco do Brasil podem aderir ao projeto “Arredonde sua Conta”, parceria do instituto com a instituição bancária.

Também está programada a exposição da “Carta da Terra”, documento elaborado a partir de um processo de diálogo entre grupos de todo mundo e que prevê o “Respeito e Cuidado com a Comunidade da Vida”, “Integridade ecológica”, “Justiça Social e Econômica” e “Democracia, não violência e paz”, como princípios éticos para a construção de uma sociedade mais justa, sustentável e pacífica.

Programação
14 horas – Abertura Oficial
15 horas – Palestra de Introdutória: Retrospectiva: de Estocolmo à Rio + 20
15h30 – Painel 1: Mudanças Ambientais Globais
16h30 – Painel 2: A problemática Ambiental Urbana
17h30 – Painel 3: Processos Participativos: desafios para a construção de um novo modelo
18h30 – Participação da plenária e considerações finais
19h – Construção participativa da proposta do Estado de São Paulo
19h30 – Encerramento com apresentação da contribuição do Parlamento Paulista para a Rio+20

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.