Risco de deslizamentos em rodovias que levam ao litoral

25/03/2013

Desmoronamentos

Geólogo diz que “no período das chuvas mais fortes, não ficaria tranquilo em saber que algum parente tem de trafegar pela Anchieta.”

As rodovias Anchieta, Imigrantes, Rio-Santos e Mogi-Bertioga apresentam ao menos 34 pontos de desmoronamentos em seus entornos e todos sob risco de novas quedas de terra.
Um mapeamento feito pelo jornal Folha de S. Paulo aponta que, que nas duas últimas semanas, ocorreram 15 deslizamentos na Anchieta; 5 na Imigrantes; 8 na Rio-Santos; e 6 na Mogi-Bertioga.

Na Mogi-Bertioga e na Rio-Santos, O DER (Departamento de Estradas de Rodagem) trabalha em todos os pontos de deslizamento nas rodovias administradas pelo Estado.

Já na Anchieta e Imigrantes, a Ecovias, concessionária responsável, tenta impedir o avanço dos deslizamentos usando lonas plásticas.

Deslizamentos

Com as duas pistas utilizadas por caminhões que pagam até R$ 127 de pedágio para trafegar rumo ao porto de Santos, a rodovia Anchieta tem deslizamentos que lançam terra às margens das pistas.

O solo nos trechos de serra está a beira de um colapso. A avaliação é do geólogo Álvaro Rodrigues dos Santos, estudioso da serra do Mar e ex-diretor do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas), vinculado ao governo paulista.

“Deslizamentos mostram que a natureza manda recado. A concessionária precisa tomar medidas preventivas. Não há motivo para alarmismo, mas é preciso ter atenção”, diz Santos.
Ao se referir principalmente à Anchieta, o geólogo explica que: “entre dezembro e março, período das chuvas mais fortes, não ficaria tranquilo em saber que algum parente tem de trafegar pela Anchieta.”

Infiltração

A infiltração da água da chuva nas rochas é problema grave também na Rio-Santos e Mogi-Bertioga. Deyna Pinho, geólogo do Serviço Geológico do Brasil, órgão federal ligado ao Ministério de Minas e Energia, diz que “com o tempo, a água acaba lançando grandes pedaços de pedras no chão das estradas.”

*com informações da Folha de S. Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.