Rombo na Santa Casa de SP provoca redução de atendimento à população

22/04/2015

Descaso

Rombo na Santa Casa de SP provoca redução de atendimento à população

Dados apurados pelo Portal da Transparência apontam redução de 11% do atendimento da população as consultadas do Pronto Socorro da Santa Casa de São Paulo.
Em meados de fevereiro deste ano a Comissão de Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa aprovou por unanimidade o requerimento do então deputado Gerson Bittencourt com o objetivo de prestar esclarecimentos sobre a auditoria realizada na Santa Casa que constatou um rombo financeiro de R$ 800 milhões na instituição.

No último ano a Santa Casa de São Paulo, chegou a ser fechada por quase 30 horas, alegando o rombo nas contas da entidade de saúde, seus dirigentes suspenderam o atendimento à população.

O levantamento publicado pelo Portal mostra que 19 leitos do SUS foram fechados no ano passado, em 2013 o hospital dispunha de 655 vagas para internação. Com a redução da quantidade de vagas, o número de pessoas internadas também caiu, foram 1347 entradas a menos, no setor de internação quando comparado os números de 2013 e 2014.

As reduções de atendimentos tiveram reflexos também nos procedimentos de observações, onde houve redução de 6% e no diagnóstico foram 12.531 a menos realizados em 2014.
O único procedimento que teve aumento nesse período foram os de exames clínicos. Os números dão conta que em 2014 foram realizados 302.749 procedimentos a mais do que em 2013, um aumento de 13%.

A publicação das contas e a quantidade de atendimento da Santa Casa segue a exigência do portal do plano de reestruturação do hospital apresentado em fevereiro pelo Ministério Público Estadual. (rm)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.