Sabesp admite que rodízio pode contaminar a água

26/02/2015

Crise da falta de água

O presidente da Sabesp, Jerson Kelman, acredita que mesmo com baixo nível de chuvas, neste início de ano, não haverá necessidade de fazer rodízio oficial na Região Metropolitana de São Paulo.
A declaração ocorreu, nesta quarta-feira (26/2), durante sessão da CPI da Sabesp na Câmara Municipal de São Paulo.

O diretor metropolitano da companhia, Paulo Massato, acrescentou que se houver rodízio a água pode ser contaminada e a população pode ter disenteria, mas não demonstrou preocupação, pois segundo ele, é considerada uma doença com pouco risco de morte. (fonte: Rede Brasil Atual)

Clique aqui para ouvir o áudio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *