Sabesp: Festa em Nova Iorque, seca em São Paulo

25/11/2014

Crise da água

Sem investir e planejar, a companhia que secou o maior sistema de abastecimento do estado neste ano, em 2012 comemorava os R$4,3 bilhões em lucros distribuídos aos acionistas de Nova Iorque; confira o vídeo da festa

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) culpa o clima pelo o que já é considerada a maior crise de abastecimento da história de São Paulo. Desde o início do ano, quando o volume dos reservatórios começou a diminuir, que técnicos e especialistas vem alertando que a Sabesp já sabia dos riscos de uma estiagem e que a falta de água que assola o estado agora é resultado direto da falta de planejamento.

Em 2012, no entanto, ano em que a companhia já sabia de todos os riscos de uma mudança climática, foram distribuídos R$4,3 bilhões em lucros aos acionistas (em dez anos). Em um vídeo da própria Sabesp, é possível ver a presidenta Dilma Pena, Andrea Calabi (secretário estadual da Fazenda no governo Alckmin e conselheiro da companhia) e membros da diretoria comemorando os “resultados positivos” junto aos acionistas na bolsa de Nova Iorque, com direito a fotos, aplausos e banquete.