São Paulo vive epidemia de violência

05/05/2009 18:24:00

Insegurança Pública

 

Parâmetros da Organização Mundial de Saúde – OMS – indicam que São Paulo alcançou uma ‘zona epidêmica’ de violência. O aumento do registro de homicídios dolosos no interior – 11,6% – elevou a taxa anual no Estado de 10,6 para 11 casos por grupo de 100 mil habitantes. Segundo a OMS, quando esse índice é superior a 10 casos para cada 100 mil habitantes, considera-se uma epidemia.

As estatísticas criminais referentes ao 1º trimestre de 2009, divulgadas no último dia de abril pelo Governo Serra, são um retrato desta insegurança crescente vivenciada pelos moradores de São Paulo. De 14 indicadores de criminalidade divulgados pela Secretaria de Segurança, 10 tiveram aumento.

O crime de latrocínio, roubo seguido de morte, teve um aumento de 36,23% em relação ao primeiro trimestre de 2008. O crime de estupro cresceu 33,25%. Roubos de veículos e de cargas também aumentaram.

Leia aqui reportagens publicadas nos Jornais Folha de São Paulo e O Estado de São Paulo no último dia 1º sobre este assunto.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.