]São Paulo vive onda de chacinas

10/03/2015

Escalada da violência

São Paulo vive onda de chacinas

Os crimes aconteceram em quatro endereços diferentes, mas próximos uns dos outros. Na madrugada deste sábado (7), onze pessoas foram mortas a tiros, no Jardim São Luís, zona Sul de São Paulo. Os crimes aconteceram em quatro endereços diferentes, mas próximos um dos outros. Uma das hipóteses investigadas é o envolvimento do crime organizado.

Os ataques se iniciaram na Rua Manoel de Siqueira, onde uma pessoa foi morta às 22h. Meia hora depois, duas foram assassinadas na Rua Pedro da Costa Faleiro.Às 3h da manhã, duas pessoas na Avenida Fim de Semana e às 3h40, os ataques se intensificaram na Rua José Sedenho, onde seis pessoas foram assassinadas.

Cerca de 48 horas depois desses assassinatos, na região do Parque Santo Antonio outra pessoa teve sua vida ceifada e um casal sofreu tentativa de homicídio na noite de domingo.
Estas últimas vítimas foram surpreendidas por bandidos que invadiram o bar do casal, balearam a mulher e agrediram o marido. Apesar da coincidência geográfica no ataque ao casal e os crimes da madrugada do sábado, a Polícia Civil não confirma relação entre os assassinatos. O medo e a lei do silêncio imperam entre os moradores.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-SP) informou que já tem o retrato falado de um dos suspeitos de participar dos crimes. A imagem faz parte das investigações conduzidas pelo (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) no bairro.(rm)

Com informações do Site Spresso SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.