Secretário de Alckmin depõe na Assembleia sobre cartel da corrupção, nesta terça

23/09/2013

Nesta terça

Secretário de Transportes Metropolitanos depõe na Assembleia sobre cartel da corrupção

O secretário de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, depõe nesta terça-feira (24/9),às 14h30, na Assembleia Legislativa, em reunião conjunta das comissões de Infraestrutura e de Transportes e Comunicações. Ele irá prestar esclarecimentos sobre supostas fraudes nas licitações e contratos firmados pelo Metrô e CPTM com o consórcio de empresas, mencionado nas denúncias da multinacional Siemens ao CADE de formação de cartel com aval do Estado.

O convite partiu de requerimentos apresentados pelos deputados do PT e as comissões já ouviram os depoimentos do presidente da CPTM, Mário Manuel Seabra Rodrigues Bandeira, no último dia 11, e do presidente do Metrô, Luiz Antonio Carvalho Pacheco, no dia 4 de setembro.

PT insiste na CPI

A Bancada do PT tenta, pela quinta vez, instalar a CPI na Assembleia Legislativa, mas a base de apoio ao governador Geraldo Alckmin barra todas as tentativas. O requerimento de instalação da CPI já conta com 27 assinaturas. São necessárias 32 assinaturas para que a comissão passe a funcionar.

“Faltam cinco assinaturas, esperamos que mais deputados assinem, porque hoje está mais do que clara a necessidade de uma CPI. A dificuldade é que a bancada de oposição é minoria e a bancada da situação não quer assinar. Só um deputado de situação, do DEM, assinou”, afirmou o deputado Alencar Santana Braga, presidente da Comissão de Infraestrutura.

Entre 2008 e 2012, a Bancada petista protocolou 15 representações junto ao Ministério Público Estadual sobre indícios de irregularidades em compra e reformas nos sistemas metroferroviários de São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *