Secretário de Alckmin diz que apenas 2% dos casos de roubos são esclarecidos em SP

19/09/2014

Insegurança pública

Cidade de São Paulo teve alta de 47,6% nessa modalidade de crime

O secretário da Segurança Pública de São Paulo, Fernando Grella, afirmou, nesta semana, que apenas 2% dos casos de roubos são esclarecidos no Wstado de São Paulo. A avaliação foi feita após a pasta divulgar as estatísticas criminais de fevereiro, que apontam aumento de 47,6% nos caso de roubos na cidade de São Paulo.

Em fevereiro de 2013 foram registrados 8.928 casos na capital paulista, contra 13.166 no mês passado, um aumento de 47,6%. Os roubos de veículos tiveram crescimento de 29%, saltando de 3.557 para 4.588.

Em todo o Estado, os crimes contra o patrimônio dispararam. O número de roubos em geral saltou de 18.426 ocorrências em fevereiro de 2013 para 25.274 no mesmo mês deste ano (aumento de 37%).

Trata-se de um problema que vem apresentando crescimento nos meses, mas que tem apenas 2% dos casos elucidados no estado, segundo o secretário. Também houve aumento no registro de casos de roubos de veículos no estado. Em fevereiro de 2013 eram 6.958 ocorrências. Em fevereiro de 2014 foram 8.942 (aumento de 28,5%). Roubos de carga sofreram crescimento de 25,3%, passando de 733 casos em fevereiro de 2013 para 585 no mesmo mês do ano passado.

O secretário afirmou que o aumento da estatística de roubo era esperado em razão de os boletins de roubo serem feitos pela internet desde dezembro. Isso, segundo ele, diminuiu a subnotificação. Disse ainda, porém, que há causas sociais e econômicas que incentivam crimes patrimoniais.

*com informações do portal G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.