Seminário marca lançamento da Frente Parlamentar do Setor Petroquímico/Plástico Paulista

23/04/2007 16:50:00

O seminário “Competitividade do Setor Químico, Petroquímico e Plástico Paulista” realizado nesta terça-feira (24/4), foi o marco do lançamento, na Assembléia Legislativa, da Frente Parlamentar em Defesa do setor, coordenada pelo deputado petista Vanderlei Siraque.

Um dos principais objetivos da Frente é incentivar a competitividade do segmento no Estado de São Paulo e inserir na agenda dos poderes públicos e da sociedade civil a discussão e propostas de desenvolvimento para curto, médio e longo prazo.

O seminário foi prestigiado por prefeitos, deputados, secretários municipais, empresários e técnicos, e debateram “a importância do aumento da competitividade das indústrias paulistas do setor petroquímico/plástico. Para o deputado Vanderlei Siraque a articulação do setor significa maior geração de emprego e renda, maior arrecadação fiscal, mais desenvolvimento, o que é do interesse de toda a sociedade”.

O líder da Bancada do PT, Simão Pedro, enfatizou a grandeza do segmento na região do Grande ABC e no Estado e, por este motivo, “a importância da elaboração de propostas pela nova Frente para corrigir a ineficiente política tributária praticada pelo governo tucano em São Paulo há anos, que permite o desemprego e a perda de competitividade das indústrias” e continuou: “São Paulo está perdendo espaço para outros Estados em razão da guerra fiscal. Esta frente tem o papel de propor correções na legislação, levar sugestões ao governador, fazer esse debate com a sociedade”, concluiu.

Também presente no seminário, o deputado Rui Falcão incentivou os empresários a ajudar o governo Lula na aprovação da reforma tributária como uma forma de ajudar a indústria nacional. “No Estado de São Paulo, por exemplo, não há política fiscal e tributária organizada, o que tem sido responsável pelas significativas perdas de receita”.

Já o deputado Donisete Braga destacou que “o trabalho tem que ser feito de coletiva, empresários, políticos e trabalhadores precisam buscar juntos as formas de manter e desenvolver as indústrias do setor aqui no Estado”, concluiu.

“São Paulo apresenta a menor taxa de crescimento desse segmento, comparativamente a estados como Santa Catarina, Minas Gerais, Goiás, Rio Grande do Sul e Bahia”, destacou José Ricardo Roriz Coelho, co-presidente da Suzano Petroquímica, em sua apresentação no primeiro painel de debate “Os desafios do setor”. Para ele, “uma das soluções seria a redução de tributos, o que traria empresas para a formalidade, e o fim da guerra fiscal, que colocaria condições iguais para todos e o desempate se daria por outros fatores, como infra-estrutura e qualidade de mão-de-obra”.

No mesmo painel, o prefeito de Santo André, João Avamileno também ressaltou que a participação de São Paulo vem diminuindo significativamente nos últimos anos. “Enquanto em 1972 o Estado respondia por 100% da oferta nacional de eteno (importante matéria-prima de resinas plásticas), atualmente é responsável por apenas 15%, enquanto pólos como o Rio Grande do Sul e Bahia respondem por 37% e 33%, respectivamente. Uma das causas deste quadro desfavorável é o fato dos outros Estados utilizarem de incentivos fiscais para atrair as empresas e os clientes”, disse.

O seminário contou com a presença dos deputados petistas: Vanderlei Siraque, Simão Pedro, Mário Reali e Donisete Braga, além dos expositores: João Avamileno, prefeito de Santo André; o prefeito Kiko de Rio Grande da Serra, também presidente do Consórcio Intermunicipal do ABC; José Ricardo Roriz Coelho, co-presidente da Suzano Petroquímica; Joaquim da Silva, diretor do Sebrae-SP; Lídia Barreto da Silva, gerente de Planejamento Estratégico da Petrobras; Vítor Mallmann, vice-presidente do Grupo Unipar; Marcos Tadeu, representando a Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo; Nelson Francisco Rosa, diretor da RECAP – Refinaria de Capuava; Rubens Aprobatto Machado Júnior, superintendente da Petroquímica União.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.