Senador Mercadante faz diagnóstico do Estado e mostra esgotamento das gestões tucanas

20/04/2010 14:06:00

Má gestão tucana

 

Convidado a participar da reunião da Executiva Estadual do PT-SP na segunda-feira (19/4), o senador Aloizio Mercadante fez um diagnóstico do Estado de São Paulo e reafirmou que há grande espaço para construção de uma nova proposta para São Paulo com a legitimidade de um partido que fez grandes transformações no país com o presidente Lula.

Mercadante apresentou diversos indicadores que comprovam a falta de planejamento e o desgaste das políticas implementadas pelo grupo tucano que há tempos ocupa o Palácio dos Bandeirantes. Ele lembra que os principais quadros do governo Serra já estavam na administração do Estado desde 1983, como o próprio governador, Paulo Renato, Secretário de Educação, ou ainda Aloísio Nunes, que foi vice de Fleury entre outros. Para ele, muitos índices do governo de São Paulo estão deteriorados, como a violência, a insatisfação com a economia do Estado, a crise aguda na educação.

“Nossa avaliação é que há grave debilidade na situação do transporte público e do trânsito. Há um quadro preocupante em relação à educação e identificamos que falta parceria do governo estadual com prefeituras e governo federal na área da saúde”, comentou. Segundo Mercadante, o governo paulista não participa do co-financiamento de programas importantes como SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e UPAs (Unidades de Pronto-Atendimentos). “Há uma insatisfação muito profunda no funcionalismo de uma forma geral como policiais, professores, profissionais da saúde, o que compromete muito a qualidade do serviço”, avaliou.

Outro ponto levantado pelo senador foi a segurança pública que, segundo últimos indicadores divulgados, tem se interiorizado cada vez mais, deixando de ser um problema apenas das grandes cidades e se tornando um desafio muito mais abrangente. “Tudo isso mostra que é possível um outro caminho para São Paulo. É possível colocar São Paulo em sintonia com o que Lula fez no Brasil”, ressaltou.

Durante a reunião, a Executiva discutiu o documento de diretrizes programáticas que será submetido à aprovação dos delegados durante o 17º Encontro Estadual do PT-SP, que será realizado nos dias 23 e 24 deste mês, na quadra do Sindicato dos Bancários de São Paulo. Em seguida, o documento deve ser apreciado por todos os partidos que fazem parte do arco de alianças construído em São Paulo.

fonte: PT Estadual – São Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *