Serra veta projeto que obrigava o Estado a reutilizar a água de prédios públicos

21/05/2008 16:12:00

Meio Ambiente

O governador José Serra vetou projeto de lei 227/06 que determinava a adoção de medidas para estimular o reuso de água no Estado de São Paulo.

A proposta obrigava os prédios públicos estaduais a se adequarem num prazo de dez anos às novas exigências, como coletar a água da chuva e adotar torneiras e vasos sanitários mais econômicos. O projeto também determinava a criação de incentivos para que a iniciativa privada fizesse o mesmo. O projeto foi aprovado na Assembléia Legislativa em 9 de abril deste ano.

“É uma vergonha imaginar que o governante do Estado mais rico do País, e que consome mais água, tenha deixado essa oportunidade passar diante de si”, diz o deputado estadual Sebastião Almeida, autor do projeto. Segundo ele, o governador Serra mais uma vez colocou a questão política acima dos interesses da população. “Agora vamos lutar para derrubar este veto na Assembléia Legislativa”.

Em sua justificativa ao veto, publicado no Diário Oficial desta terça-feira, o governador alega que cabe somente ao Poder Executivo discutir essa matéria. Também disse que o Estado já vem desenvolvendo projetos nesse sentido.

“Precisamos investir numa mudança de costumes e o estado deve ser o primeiro a dar exemplo”, protesta Almeida. “O governador Serra tem mostrado resistência a ações dos parlamentares em relação à preservação do meio ambiente, será que a questão partidária é mais importante do que a preservação da água, que é fonte da vida?”, questiona.

“Hoje, na Região Metropolitana de São Paulo consumimos água que vem de longe, pois nossos córregos e rios estão contaminados, precisamos agir agora para não termos um desabastecimento no futuro”, alerta o deputado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.