Servidores da saúde ameaçam paralisação por aumento salarial

10/06/2011 14:42:00

Paralisação

Na próxima semana, os servidores da saúde estaduais poderão parar nos dias 15 e 16 de junho, por aumento salarial. A ameaça de paralisação foi definida em assembleia, na semana passada, por mais de mil trabalhadores da saúde de São Paulo.

A data-base da categoria é 1º de março. O SindSaúde-SP enviou a pauta de reivindicações ao governo do estado em janeiro, mais somente em 29 de março, o secretário Giovanni Cerri, sob pressão dos trabalhadores da saúde, que realizavam no mesmo dia um ato em frente à Secretaria da Saúde (SES), recebeu a Comissão de Negociação do Sindicato.

Com relação à proposta de 26% de aumento salarial, o secretário antecipou que não há viabilidade. Após diversas reuniões, a Secretaria apresentou ao Sindicato uma proposta de aumento no prêmio de incentivo (gratificação recebida por parte da categoria) de cerca de R$ 30,00 que representam de 1% a 4,86% no salário.

Caso o governo do Estado não atenda às reivindicações da categoria, os trabalhadores disseram que iniciam paralisação no dia 15 de junho.

Os deputados estaduais do PT, Adriano Diogo e Martins Marcos, também presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de São Paulo, trouxeram seu apoio à luta dos trabalhadores da saúde.

fonte: site do Diretório Estadual do PT-SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.