Simão Pedro destaca a atuação da Bancada na Assembléia no Congresso do PT

06/08/2007 14:50:00

O líder da Bancada do PT na Assembléia Legislativa enfatizou a atuação dos deputados petistas na sua saudação do 3º Congresso Estadual do Partido dos Trabalhadores que aconteceu neste final de semana em São Paulo.

Simão destacou que o Congresso é um momento oportuno para demonstrar a vitalidade do PT e da força da militância, que tem se mostrado presente todas as vezes que o Partido sofre ataques à sua história e a opção pelos mais destituídos.

Na ocasião o líder petista ressaltou a pressão da Bancada do PT que conseguiu romper com o ciclo de bloqueios as CPIs do PSDB que fez com que a Assembléia paulista possa debruçar sobre os desmandos do governo do tucano em São Paulo.
As comissões instaladas são as seguintes: CPI para investigar e apurar possíveis irregularidades no processo de venda do controle acionário da Eletropaulo; CPI para investigar e apurar a perda de receita na arrecadação tributária no Estado de São Paulo; CPI para investigar o funcionamento das casas de bingo instaladas no Estado; CPI para reavaliar os prazos para eliminação gradativa da queima da palha da cana-de-açúcar; e CPI para investigar possíveis irregularidades e má qualidade na prestação dos serviços de telefonia fixa e móvel.

Além desses temas os deputados petistas entraram com um mandado de segurança no Tribunal de Justiça de São Paulo, pela instalação da CPI da CDHU. Segundo investigações preliminares do Ministério Publico apontam que cerca de R$ 2 bilhões foram desviados pela máfia que age na empresa desde 1998, com o início do governo do PSDB no Estado de São Paulo.

Simão mencionou também que a ação de oposição da Bancada do PT é realizado em parceira com os movimentos sociais, populares para atender as demandas da sociedade paulista. “ É um privilégio e uma honra ser líder do PT que desempenha de maneira aguerrida a oposição e fiscaliza o governo José Serra, junto com o Diretório Estadual, dirigentes estaduais, vereadores da capital e do interior, e conta também com a participação da sociedade civil organizada na defesa dos interesses do povo paulista. “

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.