Sopa de chuchu para tentar baixar pressão de CPI da Nossa Caixa

22/08/2006 18:50:00

São Paulo – Em dia de depoimento de diretores da Nossa Caixa na Assembléia Legislativa de São Paulo sobre suspeita de má utilização de verbas de publicidade, os bancários realizaram ato público, nesta terça-feira, dia 22, pedindo o cumprimento do direito de instalação de CPI em são Paulo.

Numa paródia ao ex-governador de São Paulo, o personagem“Geraldo Alckman” distribuiu sopa de chuchu à população, em frente a matriz do banco, na região central, para tentar baixar a pressão para a instalação de CPI sobre os contratos de publicidade da Nossa Caixa.

“Foi o que o governo do Estado tentou fazer nos últimos anos ao emperrar 69 pedidos de investigação. Depois de celebrar a decisão do STF, vamos cobrar que elas sejam de fato realizadas”, disse Raquel Kacelnikas, diretora do Sindicato.

O Supremo Tribunal Federal (STF) já deu o primeiro passo, quando derrubou a regra que barrava a instalação de CPI na assembléia paulista.

Os deputados estaduais Renato Simões, Enio Tatto, líder do PT e Mário Reali marcaram presença no ato público em apoio ao protesto dos bancários, após o depoimento os deputados foram para a reunião da Comissão de Finanças e Orçamento da Assembléia, para interrogar Daniel Rodrigue Alves, diretor Jurídico e de Logística da Nossa Caixa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.