Superfaturamento no Metrô: base de Serra adia convocação de ex-funcionário

21/02/2008 16:01:00

Denúncia

Crédito:

 

 

 

Alegando imposições do Regimento Interno, requerimento dos deputados Zico Prado e Antonio Mentor solicitando a convocação do ex-funcionário Jorge Martins Cecall para esclarecer denúncias de superfaturamento em compras do Metrô, é adiado.

 

Durante a reunião ordinária da Comissão de Transportes e Comunicações ocorrida nesta quarta-feira, dia 20, requerimento protocolado hoje pelos deputados Zico Prado e Antonio Mentor solicitando a convocação do ex-funcionário Jorge Martins Cecall para esclarecer denúncias de superfaturamento em compras do Metrô foi postergado.

Sob a alegação de que o artigo 46 do Regimento Interno impede a apreciação de assuntos que não constem da pauta divulgada 24 horas antes da reunião, o presidente da Comissão, Aldo Demarchi (PFL) adiou a apreciação do requerimento para a próxima reunião ordinária, que deve ocorrer em 15 dias.

Ao pedir a palavra, o deputado Antonio Mentor acatou a decisão indicada no Regimento Interno mais expressou sua preocupação com as recentes denúncias. “Os fatos anunciados em programa da Rede Globo são preocupantes. Foram apresentados dados comparativos contundentes e esta comissão tem que investigar, apurar e punir as irregularidades gravíssimas ocorridas no Metrô”.

O deputado Zico argumentou que o Requerimento tinha apenas a intenção de trazer aos deputados membros da comissão mais informações sobre as denúncias, com o único intuito de iniciar um processo de acompanhamento do problema. “Nossa intenção é averiguar os fatos, acumular informações e definir novos encaminhamentos. Por isso mesmo convocamos o funcionário e não o presidente da Companhia”,argumentou . “O requerimento protocolado foi uma decisão da bancada do PT. Não aceitaremos que mais este caso envolvendo o Metrô caia no esquecimento”, finalizou.

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.