Terça: lançamento do Memorial da Democracia

31/08/2015

Justiça social

Uma iniciativa do Instituto Lula, o Memorial da Democracia foi concebido por uma equipe de jornalistas, historiadores, artistas e pesquisadores com o objetivo de colocar à disposição de todos os brasileiros conteúdos dinâmicos sobre a longa caminhada, do Brasil Colônia ao século 21, em busca de democracia com justiça social.

“Trata-se de um trabalho que resgata e valoriza aspectos relevantes da história do Brasil, que é rica também pelas lutas de seu povo por liberdade e por democracia. Essas lutas estão registradas em diversos campos da nossa cultura, mas até hoje não existia um museu dedicado às lutas do povo brasileiro na construção de um país mais justo, livre e soberano.”, observa o deputado Enio Tatto, sobre o lançamento do “Memorial da Democracia”.

O “Memorial da Democracia” começa com dois módulos que abordam os períodos mais recentes da nossa história. O primeiro (1964 a 1985) registra a corajosa resistência de tantos brasileiros contra a ditadura militar e o terror do Estado. Dá conta ainda da vigorosa retomada das lutas sociais, que levariam à derrocada do autoritarismo e à promulgação da Constituição Cidadã. O segundo módulo (1985 a 2002) mostra como a reconquista da democracia permitiu ao povo lutar com mais força por seus direitos, colocando a inclusão social na agenda do país. Tudo isso tendo como pano de fundo uma extraordinária produção cultural, vibrante, crítica, bem humorada e irreverente.

Entre os colaboradores do projeto do memorial, está a historiadora Heloísa Starling, que lançou com a antropóloga Lilia Moritz Schwarz, em maio, o livro Brasil: uma Biografia, que põe em questão as lutas políticas e democráticas para a construção do país.

O lançamento acontece nesta terça-feira (1/9) às 18h no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo.

Da ass. imprensa do dep. Enio Tatto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *