Trecho do Rodoanel inaugurado há 12 dias por Alckmin continua inacabado

18/07/2014

Passados 12 dias após a liberação para o trânsito, o trecho leste do Rodoanel continua inacabado. A obra, que custou R$ 3,6 bilhões, foi inaugurada de forma simbólica no dia 3 de julho pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB).

A entrega da via aconteceu um dia antes do prazo final para os administradores que concorrem às eleições, caso de Alckmin, serem impedidos de inaugurar obras.

A reportagem esteve no local nesta quarta (16) e verificou que ainda há obras em andamento, como a implantação de defensas e canaletas. No km 71, não havia proteção lateral para os carros.

A praça de pedágio ainda não está pronta. Operários ainda fazem serviços de pintura de faixas no local e parte da sinalização ainda não foi instalada. O Serviço de Atendimento ao Usuário do trecho também não está pronto em alguns pontos.

Os telefones de emergência ainda não funcionam e em alguns pontos da via, o celular fica sem sinal. Também há trechos sem lâmpadas.

A Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo)informou que há condições de segurança aos motoristas no trecho leste do Rodoanel. A concessionária SPMar afirmou que a iluminação legal da rodovia já foi instalada de acordo com as normas técnicas previstas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.