Tucanos deixaram de investir R$ 208 mi na modernização do Metrô em 2011

16/05/2012

Acidente no Metrô

O governo do Estado tem deixado de investir na modernização e recapacitação do Metrô. De acordo com análise realizada pela assessoria da Liderança da Bancada do PT na Assembleia Legislativa, a comparação entre o balanço do Metrô e o Orçamento do Estado (que inclui as empresas) mostra que deixaram de ser investidos cerca de R$ 208 milhões na modernização da rede em 2011. Isso representa 31% do orçado inicialmente.

Só na Linha 3 – Vermelha, onde ocorreu o acidente desta quarta-feira (16/5) que feriu cerca de 50 pessoas, os tucanos deixaram de investir mais de R$ 65 milhões, ou 25% do orçado.

Se forem levados em consideração os investimentos na rede atual e os investimentos na ampliação, o resultado é ainda mais assustador. Dos R$ 4,5 bilhões orçados para 2011, só foram executados R$ 1,16 bilhão, ou seja, houve um corte de quase 74%.

De 1999 a 2011, deixaram de ser investidos R$ 10,3 bilhões, o equivalente a 25,8 quilômetros de rede metroviária (R$ 400 milhões/km, dados do Metrô).

Assim, não é de se estranhar que uma falha técnica seja a hipótese mais provável da causa do acidente no Metrô desta quarta entre as estações Carrão e Tatuapé.

Tanto o Sindicato dos Metroviários quanto o delegado titular da Delpom (Delegacia de Polícia do Metropolitano), Valdir Rosa, sustentam essa hipótese. O Metrô se recusa a dar explicações.

Governo federal tem investido no Metrô de São Paulo

O governo federal com Lula e Dilma Rousseff à frente investiu, em média, o equivalente para se construir 3,24 km por ano de Metrô em São Paulo. O governo de Fernando Henrique Cardoso investiu apenas o equivalente 0,5 km por ano.

Os governos Lula e Dilma autorizaram cerca de R$ 15 bilhões para a rede metroferroviária junto ao BNDES, CEF, JBIC, BIRD e BID, enquanto FHC emprestou pouco mais de R$ 4 bilhões. O PT à frente do governo federal emprestou 226% a mais que os tucanos para obras de expansão do Metrô e da CPTM.

Lula e Dilma também investiram R$ 167 milhões para a CPTM e Metrô do Orçamento Geral e R$ 400 milhões para a linha 18 – Bronze do Metrô.

Assista aos vídeos – acidente na linha 3, em 16/5/2012