Tucanos não terminaram as obras de transportes prometidas para 2010

03/01/2011 16:11:00

Promessa não cumprida

 

Programadas para serem entregues até o final de 2010, estações de metrô, prolongamento da Jacu-Pêssego e Marginal do Tietê, estão incompletas

Ir da zona leste até Pinheiros, na zona oeste, fazendo uma única baldeação de metrô. Ou sair da Avenida do Estado e entrar na Marginal do Tietê, sentido Castelo Branco, sem ter de passar pela sempre engarrafada Avenida Cruzeiro do Sul. O ano de 2010 acabou e, ao verificar o quanto dessas promessas feitas pelo poder público foram cumpridas, a reportagem descobriu que o resultado não é positivo.

A demora está em três das quatro principais obras do Estado: Linha 4-Amarela do Metrô, ampliação da Marginal do Tietê e o prolongamento da Avenida Jacu-Pêssego, na zona leste. Incompletas, todas já estão inauguradas. Juntas, elas estão custando R$ 7,1 bilhões aos cofres públicos. Isso sem contar o Trecho Sul do Rodoanel, que já é considerado pronto, mas inda passa por serviços de acabamento. O Estado não admite os atrasos. Fala em novos cronogramas. E justifica parte da demora destacando, entre outros quesitos, a questão da segurança.

O Metrô é o caso de atraso mais emblemático. Das oito estações que deveriam ter sido abertas em 2010, quatro estão funcionando. E as quatro apresentam problemas: até agora, só ficam abertas quando são menos necessárias – fora do horário de pico. Toda a primeira fase da Linha 4-Amarela (que liga a Luz, no centro, à Vila Sônia, na zona oeste), aliás, já deveria estar pronta. Como “primeira fase”, estão as estações mais importantes: Luz, República e Pinheiros, que vão ser integradas às linhas 1-Azul e 3-Vermelha e à CPTM.

As pistas da Nova Marginal do Tietê que foram abertas em março de 2009, faltando completar seis pontes, continua com a obra incompleta: a ponte mais importante da reforma, estaiada, que trará uma conexão com a Avenida da Estado, na região central, ficou para o primeiro semestre deste ano.

Há também o prolongamento da Avenida Jacu-Pêssego, que liga o Rodoanel à Rodovia Ayrton Senna.  Aberto no fim de outubro, ainda está em fase de acabamento. E a ligação com a Avenida do Estado ficou para 2011 – no que a Dersa chama de “fase dois” da obra.

Estações do Metrô fechadas

As próximas estações a serem entregues pelo Metrô serão Pinheiros, na zona oeste, e República, no centro, interligadas à Linha 3 – Vermelha. Mas a companhia evita falar em novos prazos para abrir essas paradas.

Obras prometidas até o final de 2010

. Seis estações da Linha 4 do Metrô

Situação – só duas estão prontas e funcionamento parcialmente

. Marginal do Tietê

Situação – principal ponte ficou para 2011

. Avenida Jacu-Pêssego

Situação – via foi aberta com trabalhos pendentes

fonte: Jornal da Tarde – 3/1/2011

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.