TV Alesp exibe documentário 1964 – Um Golpe Contra o Brasil

17/05/2013

Cidadania

O filme traz uma série de depoimentos e revelações inéditas sobre as tentativas de golpe anteriores, como na renúncia de Jânio Quadros, em 1961, e o papel central dos Estados Unidos no golpe civil-militar dado no Brasil

O documentário “1964 – Um golpe contra o Brasil”, produzido pelo Núcleo de Preservação da Memória Política e dirigido pelo jornalista Alipio Freire, será exibido pela TV Alesp no próximo sábado, 18 de maio, às 23:30 horas, pela TV Assembleia (canais 66 da TVA e 13 da NET). O Filme abre caminho para a memória dos 50 anos do golpe militar.

Realizado a partir de depoimentos de personagens que viveram, como militantes, aquele período, o filme discute as razões que levaram ao golpe civil-militar que derrubou o governo democrático do presidente João Goulart, o Jango.

Almino Affonso, à época deputado federal e ministro do Trabalho do governo Jango, Raphael Martinelli, dirigente do Comando Geral dos Trabalhadores (CGT), a socióloga Maria Victoria Benevides, o médico Reinaldo Murano, o então presidente da UNE (União Nacional dos Estudantes), Aldo Arantes, e o coordenador nacional do MST João Pedro Stedile estão entre os personagens ouvidos no documentário.

O filme traz ainda uma série de depoimentos e revelações inéditas sobre as tentativas de golpe anteriores, como na renúncia de Jânio Quadros, em 1961, e o papel central dos Estados Unidos no golpe civil-militar dado no Brasil.

O filme pretende ser um dos primeiros e mais contundentes materiais formativos acerca dos 50 anos do golpe, e tem como público alvo fundamental, nas palavras do diretor, “os estudantes, trabalhadores e trabalhadoras mais jovens, para que possam conhecer melhor nossa história e formar a sua própria opinião”.

Longa do diretor Alipio Freire traz entrevistas, fotos e imagens de arquivos do período entre a campanha de Jânio à presidência e a posse de Castelo Branco.

TV ALESP
18/5 (sábado), 23h30
Canais 66 da TVA e 13 da NET

fonte: Núcleo Memória

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.