União investe cinco vezes mais que Estado em hospital

18/07/2012

Hospital de Clínicas em São Bernardo

Verba do Estado para hospital no ABC é um quinto do investimento federal

Governo paulista vai arcar com R$ 20 milhões, contra R$ 108 milhões da União e R$ 45 milhões da prefeitura de São Bernardo do Campo

O governo do Estado de São Paulo investirá menos da metade do que a prefeitura de São Bernardo destinará à construção do Hospital de Clínicas, previsto para ser inaugurado em novembro deste ano. Enquanto o município, administrado pelo prefeito petista Luiz Marinho, dedicará R$ 45 milhões do orçamento municipal para a obra, o Estado autorizou apenas R$ 20 milhões. A verba de do governador Alckmin é de menos de um quinto se comparada com o investimento do governo federal.

De acordo com a prefeitura, a construção do Hospital está orçada em aproximadamente R$ 173 milhões. A maior parte do recurso vem do governo federal, R$ 108 milhões. Para Marinho, dois motivos bastariam para que o governo do Estado destinasse uma verba maior ao Hospital de Clínicas: maior capacidade de investimento e diminuição das demandas que lotam os dois hospitais estaduais da Região, o Serraria, em Diadema, e o Mário Covas, em Santo André. Ambos têm uma fila de espera de 94 mil pessoas por uma consulta médica e outras 94,3 mil aguardam a realização de exames.

“As parcerias que temos com o governo do estado estão consolidadas, mas (o governo estadual) pode e precisa investir mais na saúde em São Bernardo. Não podemos contar com os dois hospitais estaduais da Região (Serraria e Mário Covas) porque temos dificuldade de encaminhar os nossos pacientes”, afirmou o prefeito.

Assim que assumiu a administração da cidade, em 2009, Marinho procurou o governo do Estado e o então governador, que se comprometeu a destinar R$ 42 milhões, sendo R$ 20 milhões para as obras e R$ 22 milhões para equipamentos. “O Serra prometia algumas coisas e não cumpria. Mas eu não posso cobrar do Alckmin o que o Serra prometeu, até porque o que o Serra promete não se escreve.”

O governo do Estado, por meio de nota, informou que R$ 20 milhões serão destinados à conclusão das obras do Hospital de Clínicas de São Bernardo. O estado também informou que, assim que o equipamento for concluído, voltará a discutir com o município a possibilidade de novos investimentos. Na mesma nota oficial, o governo do Estado reconhece que o Hospital de Clínicas irá colaborar com a ampliação de leitos no ABCD e deverá se tornar referência em atendimento clínico e cirúrgico nas especialidades de neurologia, neurocirurgia, nefrologia, oftalmologia e cirurgia cardiovascular.

Hospital de Clínicas

O Hospital das Clínicas de São Bernardo, localizado na estrada dos Alvarenga, será um hospital de ensino conveniado à Fundação de Medicina do ABC e à Universidade Federal do ABC. Terá consulta de especialidades, exames e cirurgias de alta complexidade. A previsão do governo é de que o centro hospitalar realize cerca de 1,5 mil cirurgias por mês. Entre as especialidades, serão feitos procedimentos de neurocirurgia e transplantes de rins, córnea e fígado.

Hoje o ABCD tem carência de vagas em cirurgias de trauma. O Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André, deve assumir essas especialidades, mas somente no segundo semestre de 2013, se houver investimentos. A estimativa é de que, de imediato, o Hospital de Clínicas consiga realizar 300 internações por mês.

fonte: Rede Brasil Atual

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.