AUDIÊNCIA PÚBLICA EM TATUÍ APONTA CORTES ORÇAMENTÁRIOS EM ÁREAS ESSENCIAIS
AUDIÊNCIA PÚBLICA EM TATUÍ APONTA CORTES ORÇAMENTÁRIOS EM ÁREAS ESSENCIAIS

O deputado Emídio de Souza disse que o pacote de obras anunciado ontem pelo governador João Doria vai ser financiado em grande parte com recursos subtraídos da área da saúde. A declaração do parlamentar petista foi feita na Câmara Municipal de Tatuí, nesta quinta-feira, 16/9, durante audiência pública promovida pela Comissão de Finanças e Orçamento da Alesp para discutir o Orçamento do Estado para 2022.

“Num tempo em que a democracia brasileira está sendo tão ameaçada, o exemplo da Alesp de praticar a democracia participativa para decidir sobre o orçamento é essencial. Nosso país passa por um processo de empobrecimento. Mais gente depende da ajuda de outros para sobreviver. Tudo isso nos impõe que façamos o melhor uso possível dos recursos públicos para satisfazer quem mais precisa”, disse o deputado.

Emídio chamou a atenção para a diminuição dos investimentos na área de saúde durante o governo Doria. Para se ter uma ideia, entre 2011 e 2018, os investimentos na saúde foram da ordem de R$ 1,1 bilhão, em média. Nos dois anos do atual governo caíram para R$ 800 milhões. “Por isso que tanto de reclama dos serviços de saúde, das filas para consultas e dos atrasos em exames.”

Ele também mencionou a crise hídrica, que afeta toda a região, as queimadas que tem atingido especialmente parques estaduais e o funcionamento precário das delegacias das mulheres e dos plantões da polícia. “Faltam policiais civis. Somente na Região Metropolitana de Sorocaba, há um déficit de mais de mil policiais. É preciso que sejam realizados concursos públicos urgentemente”, afirmou.

O vereador Eduardo Sallum, do Partido dos Trabalhadores, disse que os governos do PSDB realizam um terrível desmonte do Conservatório Dramático e Musical de Tatuí. Ao longo dos últimos dez anos, o conservatório sofreu um arrocho orçamentário de 95%. Reduziram para quase a metade o número de professores e de bolsas de estudos.

Sallum salientou que O Conservatório de Tatuí é um dos maiores ativos culturais do Estado de São Paulo. “A principal referência de formação nas áreas da dramaturgia e da música da América Latina. Uma escola de excelência que forma músicos para todo o mundo.” Porém, a organização social que assumiu recentemente a gestão da instituição já chegou dizendo que serão feitos cortes de R$ 6 milhões, em um orçamento de R$ 20 milhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *