Melhorias, extensão das rodovias e investimentos na saúde são os pleitos da região de Itapeva
Melhorias, extensão das rodovias e investimentos na saúde são os pleitos da região de Itapeva

A audiência pública do Orçamento 2022 que aconteceu nesta segunda-feira, 30/8, na Câmara Municipal de Itapeva, foi marcada por reivindicações de melhorias nas rodovias de acesso à região e mais recursos para a área da saúde para atender a população que tem que se deslocar por mais de 200km em busca de tratamentos e exames médicos.

Vereadores dos municípios de Buri, Nova Campinas e o presidente da Câmara Municipal de Itapeva, vereador José Comeron, reiteraram antiga demanda feita pelos agricultores de duplicação da rodovia SP-258, que liga os municípios de Itararé e Capão Bonito. De acordo com os participantes, a duplicação é essencial para o avanço da produção regional, com o escoamento da produção agrícola.

Além da duplicação da SP-258, recursos para adequação de estradas vicinais e rodovias que ligam as zonas rurais aos munícipios foram reivindicados. “As estradas são terríveis para escoar nossos produtos. Não se tem desenvolvimento em uma região com pistas simples e pedágios caríssimos”, protestou Comeron.

A falta de conectividade e de recursos tecnológicos e os impactos negativos da ausência desses meios no desenvolvimento local foram abordados pelo agricultor Carlos Werneck que atua e defende a produção da agricultura familiar. “A agricultura familiar tem um espaço muito grande para crescer e nossa região pode fazer isso”, disse.

A ausência de IML para a região também foi mencionado e cobrado dos deputados para que incluíam nas emendas ao Orçamento.

Carências da Saúde

Segundo os moradores da região, atualmente a Região Administrativa de Itapeva faz parte do Departamento Regional de Saúde (DRS) de Sorocaba, o que acarreta na baixa oferta de serviços para os municípios. “Temos apenas duas vagas de ressonância para 32 municípios, porque não temos um DRS para a região”, denunciou a vereadora de Itapeva, Débora Marcondes.

Já o vereador Ronaldo Pinheiro solicitou mais recursos para a saúde da região. “Precisamos de aumento nas vagas de hemodiálise e de oncologia, para que toda a população seja atendida no nosso município e não precise viajar mais de 200 km para esses atendimentos”, disse.

Como representante da bancada do PT, o deputado Paulo Fiorilo apresentou dados do orçamento estadual mostrando os baixos investimentos do Estado na região, com queda em especial em logística e transporte, o que implica a não realização das obras de duplicação e implantação de rodovias. “Mesmo aumentando a arrecadação do Estado temos a redução de investimentos em 12 municípios da região” apontou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *