LÍDER DO PT APRESENTA MOÇÃO DE APOIO À VEREADORA DUDA HIDALGO
LÍDER DO PT APRESENTA MOÇÃO DE APOIO À VEREADORA DUDA HIDALGO

A líder da bancada do PT, deputada Professora Bebel, apresentou na Assembleia Legislativa, nesta sexta-feira, 23/4, moção de apoio à vereadora de Ribeirão Preto, Duda Hidalgo, do Partido dos Trabalhadores, que está sendo alvo de perseguição política e ameaçada de perda do mandato parlamentar.

Leia a íntegra da Moção:

“Em face do verdadeiro patrulhamento ideológico e da escandalosa perseguição como as praticadas durante o período da ditadura militar no Brasil e típicas dos regimes fascistas que, como em outros lugares do mundo, emergiu no país a partir da eleição de Bolsonaro para a presidência da República, a Vereadora Duda Hidalgo, do Partido dos Trabalhadores (PT), na Câmara Municipal de Ribeirão Preto, vem sendo vítima de perseguição política com ameaça ao seu mandato parlamentar conquistado de forma legítima e democrática.

Duda Hidalgo, nascida em Ribeirão Preto, tem 21 anos e é a vereadora mais jovem da Câmara Municipal da cidade. Feminista e ativista pelos direitos humanos e da luta por moradia digna, muito honra a juventude ribeirão-pretana e o Partido dos Trabalhadores (PT).

A vereadora Duda Hidalgo está cursando o 5º ano de Direito na Faculdade de Direito de Ribeirão Preto – USP/RP, onde começou a sua atuação na defesa da educação ao integrar o movimento estudantil e se tornar voluntária no Cursinho Popular da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (CPFDRP), onde contribuiu para a luta pela democratização do ensino na busca pelo acesso e permanência nas universidades.

Assumiu posteriormente a presidência do Centro Acadêmico Antonio Junqueira de Azevedo e a coordenação do DCE Livre da USP, entidade que possui um papel fundamental na construção do Movimento Estudantil em Ribeirão. Em 2018, através do DCE, contribuiu para a articulação da paralisação que se prolongou ao longo do segundo turno das eleições contra o então candidato Jair Bolsonaro. Tal paralisação contou com ampla adesão dos estudantes, e teve como pilar o trabalho de base retomando o diálogo com a população ribeirão-pretana.

Em 2019 participou da organização do Tsunami da Educação em Ribeirão Preto, movimento que no dia 15 de maio levou mais de 5 mil estudantes às ruas contra os cortes na educação. Ato fundamental para a articulação das mobilizações posteriores em que os estudantes se somaram com os trabalhadores em defesa da previdência social. Contudo, em busca da transformação da cidade, ultrapassou os muros da Universidade, começando a atuar no movimento de mulheres da cidade, movimento Creche Já! e a participar das reuniões da Comissão de Direitos Humanos da OAB, adquirindo diversas experiências que a fizeram compor o Conselho Municipal de Moradia Popular.

Recentemente fundou o Ribeirão Solidária, uma rede de solidariedade para enfrentamento do coronavírus que realizou centenas de doações às comunidades de Ribeirão Preto, com distribuição de máscaras e alimentos, além da distribuição de cobertores a pessoas em situação de rua, juntamente ao Projeto Pontes da USP-RP.

Através do Movimento Popular da Juventude em Disparada, fundou o Reduz Ribeirão, projeto com mais de 130 estudantes de faculdades privadas da cidade unidos em defesa da redução das mensalidades, do ensino de qualidade e do acesso e permanência no ensino superior. Também é criadora do Encontro Feminista, grupo com mais de 150 mulheres que se reúnem para debater escritoras feministas e organizar mobilizações contra a desigualdade de gênero, as violências e opressões contra a mulher. Duda concorreu a sua primeira eleição como candidata a vereadora no ano de 2020, quando foi eleita com 3.481 votos, se tornando a vereadora mais jovem e a mulher mais votada de Ribeirão Preto.

Por sua intensa militância política e pelo seu ativismo, por ser mulher e jovem, Duda Hidalgo vem sofrendo todo o tipo de violência que tenta amedrontá-la e calá-la.

A Bancada do PT na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo está convicta de que as denuncias e os processos que se pretende instalar contra Duda na Câmara Municipal de Ribeirão Preto se insere na onda de ódio e censura que tomou conta de nosso país desde a eleição de Bolsonaro e que vêm atingindo professores, artistas, comunicadores, parlamentares e lideranças do campo democrático.

As deputadas e os deputados da Bancada do PT na ALESP repudiam quaisquer tentativas de censura e intimidação à ação parlamentar da Companheira Duda Hidalgo que por sua coragem e determinação, e com a solidariedade e o apoio da Bancada, não se calará!

Não nos calarão!

Desta forma, diante da violência que vem sendo cometida contra diversos militantes e lideranças do campo democrático, formulamos a presente MOÇÃO

“a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo apoia e se solidariza com a Vereadora Duda Hidalgo, do Partido dos Trabalhadores, da Câmara Municipal de Ribeirão Preto, tendo em vista a defesa da liberdade de expressão, nos termos da lei.””

 

Sala das Sessões, em 23/04/2021.

Professora Bebel – Líder da Bancada do Partido dos Trabalhadores

3 Comments

  1. Januario Figueiredo de Almeida
    26/04/2021 at 13:55

    Parabéns pela iniciativa. Absurdo. Não podemos permitir que atitudes antidemocráticas, que fere a constituição Brasileira saia vitoriosa.

  2. Lélia Batista Alves
    26/04/2021 at 15:18

    Tido nosso apoio a grande mulher e vereadora Duda Hidalgo, juntas nos tornamos mais fortes. NAO VAMOS ABAIXAR A CABEÇA, NAO VAMOS PERMITIR ATITUDES RETRÓGRADA E ANTIDEMOCRATICAS

  3. Lélia Batista Alves
    26/04/2021 at 15:19

    Todo nosso apoio a grande mulher e vereadora Duda Hidalgo, juntas nos tornamos mais fortes. NAO VAMOS ABAIXAR A CABEÇA, NAO VAMOS PERMITIR ATITUDES RETRÓGRADA E ANTIDEMOCRATICA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *