7 DE AGOSTO: DIA NACIONAL EM DEFESA DA VIDA E DO EMPREGO

A luta pelo direito à saúde e pelo fortalecimento do SUS é compromisso histórico da bancada do Partido dos Trabalhadores na Assembleia Legislativa de São Paulo. A busca pela garantia de acesso a serviços públicos de qualidade sempre estiveram na pauta de atuação dos nossos mandatos, que apresentam propostas para a promoção de condições de trabalho e salários dignos para os servidores públicos e para a aplicação de recursos  compatíveis com as necessidades dos usuários do sistema de saúde.

As ações contra o desmonte do SUS em São Paulo e o descaso de governos do PSDB com as necessidades da população e dos trabalhadores do Estado sempre encontraram, nos integrantes do Partido dos Trabalhadores de São Paulo, um importante aliado.

Neste momento de pandemia, com a perda de quase 25 mil vidas em São Paulo, a bancada das deputadas e deputados do PT reforçam esta aliança em defesa da vida dos servidores públicos e da população.

No Dia Nacional da Saúde, a bancada petista recebeu representantes dos sindicatos de trabalhadores nos serviços públicos  que apresentaram, além das evidências de continuidade do descaso do governo Doria com a saúde dos funcionários públicos da saúde e educação, denúncias de fraudes, omissão e corrupção.

Estiveram conosco da CUT-SP, o presidente Douglas Izzo; do SindSaúde-SP, sua presidenta, Cleonice Ribeiro, o vice-presidente,  Hélcio Marcelino, e a companheira Célia Regina Costa; da Afuse, o companheiro João Marcos; do Sindsep, o presidente Sergio Antiqueira; e a companheira Renata Scaquetti, do Setorial Sindical do PT SP.

A bancada do PT respondeu, prontamente, aos sindicalistas e levará à frente a apuração das denúncias e a cobrança de providências por parte das instâncias e órgãos responsáveis pela fiscalização e combate às irregularidades.

Mais que isso, as deputadas e os deputados petistas em São Paulo reiteraram compromisso de estar ao lado dos trabalhadores nesta sexta-feira, 7 de agosto, somando suas vozes e ações às manifestações de protesto contra o governo genocida do presidente Bolsonaro que está levando o Brasil à marca de 100 mil vidas precocemente perdidas.

Bancada das deputados e deputados do Partido dos Trabalhadores na Assembleia Legislativa de São Paulo

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *