A democracia e a polêmica com a Vai-Vai
A democracia e a polêmica com a Vai-Vai

Entendemos como atitude antidemocrática a polêmica criada por parlamentares bolsonaristas a respeito do desfile da Escola de Samba Vai-Vai, cujo enredo sobre a cultura hip hop apresentou, entre outros aspectos, uma visão crítica à postura de parte das forças de segurança.

Na verdade, toda essa pressão midiática aponta para uma estratégia de cortina de fumaça, com objetivo de desviar o foco das ações da Polícia Federal, que a cada dia apontam mais detalhes da participação direta do ex-presidente Jair Bolsonaro, ministros e auxiliares de seu governo em uma tentativa de golpe no Brasil.

O fato é que não há recursos diretos do orçamento estadual para escolas de samba. O que existe são ações de fomento à cultura, as linhas do Programa de Ação Cultural (ProAc), em que entidades culturais, incluindo escolas de samba, podem apresentar projetos.

Portanto, não há de se cortar recursos que nunca existiram, de fato; mais uma fake news da extrema direita.

Democracia é permitir o debate de opiniões e de visão de mundo. Incitar punição a uma agremiação, por discordância, vira censura, atentando contra o Estado Democrático de Direito e a livre manifestação da cultura popular brasileira.

Deputado Paulo Fiorilo
Líder da bancada da Federação PT/PCdoB/PV na Assembleia Legislativa de São Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *