Petistas repudiam ameaça a deputada e violência da PM em Piracicaba

Em plena pandemia de coronavírus, o governo Doria retira de dentro de suas precárias casas 50 famílias na comunidade Taquaral, em Piracicaba, e ameaça de prisão a deputada estadual Professora Bebel.

A ação do governo e da PM na manhã da quinta-feira, 7/5, foi marcada pela irresponsabilidade frente à ameaça sanitária que vivemos, pela violência contra famílias pobres que foram obrigadas a deixar a área, sem informação sobre para onde iriam e sem direito de resgatar seus pertences, e pela afronta ao Estado de Direito Democrático e ao exercício do mandado parlamentar legitimante eleito, com a ameaça de prisão à deputada Professora Bebel.

O governador João Doria precisa entender que não basta se colocar publicamente, pelas tevês e pelas redes sociais, contra as afrontas à democracia que ocorrem no governo federal. É preciso agir sem afrontar a democracia. Aqueles que trabalham com a segurança pública no Estado de São Paulo precisam, urgentemente, ser preparados para atuar dentro dos limites da lei e do respeito aos princípios democráticos e aos direitos humanos.

Nós, deputadas e deputados estaduais do Partido dos Trabalhadores, não aceitaremos ameaças, arbitrariedade e abuso policial contra a população e exigimos respeito ao exercício de nossos mandatos.

Bancada das deputadas e deputados do PT na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *