Deputadas e deputados estaduais do PT, do PCdoB, do Psol e da Rede lançam, em São Paulo, uma Campanha de Combate à Violência Política.

O ato de lançamento da Campanha de Combate à Violência Política acontece às 10h desta terça-feira, 28/6, na Assembleia Legislativa de São Paulo, numa iniciativa das bancadas do PT, do PCdoB, do Psol e da Rede Sustentabilidade, e com a presença e o apoio de entidades de defesa de direitos e movimentos populares como a Comissão Arns, a Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo, o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (Condepe), a Central de Movimentos Populares, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), o Movimento de Trabalhadores Sem Teto (MTST).

A violência política é um instrumento de ataque à democracia, constituindo uma real ameaça tanto a eleitores quanto a candidatos e pessoas que ocupam cargos públicos. Os casos de agressões, ameaças e ofensas – sobretudo com conteúdo racista, machista e homofóbico –, atentados, assassinatos e tentativa de detenção de agentes políticos, que crescem com o discurso de ódio e intolerância disseminado por Jair Bolsonaro e seus seguidores, precisam ser denunciados e enfrentados.

Divulgue e participe

Lançamento da Campanha de Combate à Violência Política
Terça-feira, 28/6, às 10h
Plenário Tiradentes da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, avenida Pedro Álvares Cabral, 201, Ibirapuera.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.