Antonio Mentor, sempre presente!
Antonio Mentor, sempre presente!

As deputadas e os deputados estaduais do Partido dos Trabalhadores prestam todas as homenagens ao companheiro Antonio Mentor, falecido nesta quarta-feira, 8/5, e que por quatro mandados integrou a bancada petista na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Em mensagem oficial, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva  referiu-se a Mentor como o amigo e companheiro de décadas, e manifestou “solidariedade aos familiares, amigos, companheiros de partido e militância, em especial sua esposa Maria Cleonice, seus filhos e netos nesse momento de dor”.

À frende da liderança da bancada do PT, na Assembleia Legislativa, em 2003 e em 2010, Mentor apoiou a luta dos servidores públicos estaduais pela recomposição de seus salários. Como parlamentar, propôs a criação do Conselho Parlamentar de Comunicação, para a democratização dos serviços públicos de comunicação no Estado, e apresentou projetos visando o fim do voto secreto dos deputados, o combate ao assédio moral, a garantia de acesso ao transporte gratuito para idosos, a regulamentação da publicidade de medicamentos, entre outros temas relevantes.

Nascido na capital, mudou-se para a cidade de Americana,  no interior de São Paulo. Lá foi um dos responsáveis pela fundação do PT e, em 1988, foi eleito vereador, tendo presidido a elaboração da Lei Orgânica do Município. Exerceu, também em Americana, o cargo de secretário de Governo na administração do pedetista Waldemar Tebaldi.

Em 2002, recebeu a maior votação da Região Metropolitana de Campinas e elegeu-se deputado estadual. Foi reeleito representante da população paulista na Assembleia Legislativa do Estado para mais três mandatos.

Companheiro gentil e atencioso, partilhava do sonho e do compromisso com uma sociedade justa e generosa.
Antonio Mentor, sempre presente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *