CENA POLÍTICA – QUARTA-FEIRA (18/4)

18/04/2018

Crédito:

*LÍDER COBRA AÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO*
*Beth Sahão*, líder do PT na Alesp, entregou na tarde desta quarta, no Ministério Público Estadual, um ofício ao procurador geral de Justiça do Estado de São Paulo, Gianpaolo Smanio, cobrando resultados das investigações relativas a licitações, contratos e atos praticados por Alckmin. A deputada exigiu respostas em relação à Máfia da Merenda e a irregularidades em contratos do Metrô e da CPTM celebrados com empresas envolvidas na operação Lava Jato.
http://bit.do/ed2Ap

*AGLOMERAÇÃO URBANA DE FRANCA*
Bancada do PT votou nesta quarta-feira (18/4) a favor da criação da Aglomeração Urbana de Franca e do respectivo Conselho de Desenvolvimento. A Aglomeração Urbana da região de Franca constitui comunidade socioeconômica que abrange a área territorial dos seguintes municípios: Aramina, Buritizal, Cristais Paulista, Franca, Guará, Igarapava, Ipuã, Itirapuã, Ituverava, Jeriquara, Miguelópolis, Patrocínio Paulista, Pedregulho, Restinga, Ribeirão Corrente, Rifaina, São Joaquim da Barra e São José da Bela Vista. A medida permite o planejamento de políticas públicas conjuntas das cidades da região.

*CÚPULA DO METRÔ DE SP VIRA RÉ*
A Justiça de São Paulo aceitou denúncia do Ministério Público e tornou réus seis ex-presidentes do Metrô e dois secretários de Transporte do governo tucano em São Paulo, inclusive o atual titular da pasta, Clodoaldo Pelissioni. A acusação aponta a compra de 26 trens no valor de R$ 615 milhões, parte dos quais nunca foram colocados em uso. O deputado *Enio Tatto* questionou: “Quem indicou essas pessoas? Cadê José Serra e Geraldo Alckmin?” O PSDB sempre foi protegido pela justiça paulista, mas isso já está pegando mal. Segundo o parlamentar, o fato ocorreu há oito anos e somente agora a verdade está chegando a São Paulo. “Quero ver quando essas pessoas estiverem presas, quantos tucanos vão se mobilizar para retirá-las da cadeia.”

*CCJ REJEITA PROGRAMA CONTRA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA*
O deputado *Geraldo Cruz* questionou, nesta quarta-feira (18/4), a rejeição pela Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia de projeto de lei que pretendia instituir o Programa Estadual de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, de autoria do deputado *Luiz Turco*. Segundo Cruz, a alegação de que proposta dessa natureza é de competência exclusiva do Poder Executivo não se sustenta. Vários projetos similares a este já passaram pela comissão sem que houvesse qualquer contestação.
http://bit.do/ed2xP

*GOVERNISTAS EMPERRAM TRABALHOS NA ALESP*
Hoje não teve quórum na CPI que investiga as Organizações Sociais de Saúde (OSSs). Mais uma vez, a base do governo, mesmo rachada, manobrou para que isso ocorresse. O deputado *Carlos Neder*, membro da CPI, teme que essa seja mais uma CPI fantasma.

*CHEIO DE VAZIO*
Outra comissão em que não ocorreu sessão foi a de Saúde. Sem saber que havia sido cancelada, *Neder* e mais um deputado aguardavam o início dos trabalhos no plenário. No corredor, um mural indicava o cancelamento.

*CENTRAIS SINDICAIS ACORDAM 1º DE MAIO EM CURITIBA*
Hoje em Curitiba, representantes das centrais sindicais estiveram no acampamento Lula Livre para levar apoio ao ex-presidente e anunciar a realização de um inédito 1º de Maio unificado na capital paranaense. Todas as centrais expressaram sua solidariedade a Lula e apresentaram as reivindicações básicas que devem ser levadas a todos os candidatos à Presidência da República. Na agenda comum da classe trabalhadora estão as lutas pela garantia de direitos, a revogação da reforma trabalhista e da emenda dos gastos públicos, a rejeição à reforma da previdência e a manutenção da política de valorização do salário mínimo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.