CPI do Condepe ouve secretário da justiça
CPI do Condepe ouve secretário da justiça

Na tarde de quarta-feira, 5/4, foi realizada a 7ª reunião da CPI do Condepe (Conselho Estadual de Direitos da Pessoa Humana) na Alesp. Ocorreu oitiva de Márcio Fernando Elias Rosa, secretário de Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo.

O secretário frisou que um elemento essencial para controle é a prestação de contas. Defendeu que fossem criados parâmetros de atuação dos conselheiros, impedindo ações isoladas.
Também afirmou que qualquer critério, no entanto, não impediria os crimes cometidos pelo demitido funcionário, Luiz Carlos, e colocou o Condepe como vítima do Luiz.

Disse que Nazareth Cupertino, presidente do Condepe, atua sem se preocupar com a espetacularização da instituição, mas sim preocupada com a eficácia das ações, e isso fortalece o Condepe.

Um dos integrantes da comissão, deputado Coronel Camilo, voltou a afirmar na ocasião que a função da CPI é melhorar o Condepe. Afirmou que não quer tirar a autonomia e tampouco interferir no conselho e que integrantes das polícias não devem participar do Condepe.

A deputada do PT, Ana do Carmo, substituindo a deputada líder do PT na Alesp, Beth Sahão, defendeu o Condepe e sua autonomia.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *