Moradores, comerciantes e entidades protestam contra Projeto Nova Raposo Tavares
Moradores, comerciantes e entidades protestam contra Projeto Nova Raposo Tavares

O movimento Nova Raposo, Não! que agrega mais de 100 entidades, entre associações de moradores, coletivos ambientalistas e outras organizações, convoca para este domingo 9/6, às 9h, uma manifestação contra o Projeto Nova Raposo Tavares, anunciado pelo governador Tarcísio de Freitas (Republicanos).

O projeto do governo do Estado prevê a concessão da rodovia Raposo Tavares, mudanças no eixo entre a capital e a cidade de Cotia, na Região Metropolitana de São Paulo, e a instalação de seis pórticos para cobrança automática de pedágio, inclusive em trecho urbano.

As críticas dos representantes dos bairros que serão afetados pelo projeto, na capital e na grande São Paulo, referem-se aos prejuízos financeiros que os pedágios vão impor aos moradores e também aos danos ambientais para a região.

Por isso, as associações de moradores de São Paulo e de Cotia têm se mobilizado contra a proposta do governo e levado como principal reivindicação a suspensão do projeto, que carece de debates mais amplos. As duas audiências públicas realizadas por iniciativa do Estado, uma no Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo (DER), com menos de dez pessoas, e outra no município de Vargem Grande, foram insuficientes.

Integrante da Comissão de Transportes e Comunicação da Assembleia Legislativa de São Paulo, o deputado Enio Tatto é autor da iniciativa que garantiu a realização de uma nova audiência pública na quarta-feira, 19/6, às 13h, na qual é esperada a participação do secretário de Parcerias e Investimentos, Rafael Benini, para que ouça o posicionamento da sociedade em relação ao Projeto Nova Raposo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *